Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Produção de aço bruto chega a 2,6 milhões de toneladas em dezembro, queda de mais de 6%

Diana Cheng - 21/01/2019 - 19:27
(Pixabay)

A produção de aço bruto totalizou 2,6 milhões de toneladas em dezembro de 2018, queda de 6,3% em comparação com o mesmo período de 2017, segundo levantamento realizado pelo Instituto Aço Brasil. Os laminados registraram um montante de 1,6 milhão de toneladas, 8,9% a menos. Semiacabados, por outro lado, totalizaram 983 mil toneladas, o equivalente a uma alta de 1,2%.

+ Veja aqui quais são as pequenas gigantes da Bolsa que podem te ajudar a transformar centavos em milhões

11 ações que irão mandar bem nos resultados do 4º trimestre, segundo o BTG

As vendas em território nacional caíram 3,2% na comparação anual, chegando a 1,4 milhão de toneladas. Também houve recuo de 1,9% no consumo de produtos siderúrgicos, que totalizou 1,5 milhão de toneladas.

As importações de dezembro alcançaram 160 mil toneladas, apresentando uma receita de US$ 167 milhões – aumento de 9,6% em quantum e queda de 0,6% em valor.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Acumulado de 2018

Foram 34,7 milhões de toneladas produzidas entre janeiro e dezembro de 2018, o que representa uma alta de 1,1% frente ao ano anterior. A produção de laminados e de semiacabados foram de, respectivamente, 23,1 milhões de toneladas – alta de 3,3% – e 9,9 milhões de toneladas – alta de 0,5%.

As vendas internas ficaram em 18,3 milhões de toneladas, 8,2% a mais frente ao mesmo período de 2017. O consumo de produtos siderúrgicos foi de 20,6 milhões de toneladas, um crescimento de 7,3% na mesma base de comparação.

As importações em 2018 alcançaram 2,4 milhões de toneladas, o que equivale a uma expansão de 3,3% em relação a 2017. Em valor, foram US$ 2,6 bilhões, 16,9% a mais.

Exportações

Sobre as exportações, a SECEX/MDIC mudou a metodologia de coleta de dados do Portal Único de Comércio Exterior, levando a alterações e revisões significativas nos resultados do mês. Sendo assim, o Instituto Aço Brasil optou por não publicar os indicadores de exportação.

Última atualização por Gustavo Kahil - 21/01/2019 - 19:27