Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Presidente do Banco Mundial seria favorita da França para FMI

Bloomberg - 29/07/2019 - 13:17
Kristalina Georgieva, presidente do Banco Mundial, seria a favorita da França para comandar o Fundo Monetário Internacional (FMI) (Imagem: Andrew Harrer/Bloomberg)

Kristalina Georgieva, presidente do Banco Mundial, seria a favorita da França para comandar o Fundo Monetário Internacional. A União Europeia busca chegar a um acordo em torno de um único candidato antes do prazo de 6 de setembro, segundo vários representantes europeus a par das negociações.

Uma primeira rodada de negociações conduzida pelo ministro das Finanças da França, Bruno Le Maire, que coordena a busca de um nome para a União Europeia, testou o apoio para cinco candidatos. Esses incluem a ministra da Economia da Espanha, Nadia Calvino, o ministro das Finanças de Portugal, Mario Centeno, o ex-ministro das Finanças holandês, Jeroen Dijsselbloem, a presidente do Banco Mundial, Kristalina Georgieva, da Bulgária, e o presidente do Banco da Finlândia, Olli Rehn.

As consultas no fim de semana causaram confusão sobre quais candidatos têm apoio suficiente para liderarem a disputa, destacando o complexo e sensível equilíbrio geográfico e político necessário para chegar a um acordo. Outras consultas estão programadas para segunda e terça-feira, em um esforço para chegar a um consenso até o fim da semana, disse uma fonte.

Na segunda-feira, duas autoridades haviam dito que a lista teria sido reduzida a três nomes, informação que foi negada pelo porta-voz do Ministério das Finanças francês.

Embora a França não tenha expressado abertamente seu apoio a Georgieva – ou a qualquer candidato -, autoridades francesas elogiaram sua indicação, tanto como forma de manter o posto nas mãos de uma mulher como para entregar um cargo de destaque aos novos membros do leste da UE.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

O FMI disse em comunicado na semana passada que o processo de inscrição começaria em 29 de julho e terminaria em 6 de setembro. O conselho do Fundo pretende concluir o processo até 4 de outubro.

O FMI procura um substituto para Christine Lagarde, que renunciou este mês para comandar o Banco Central Europeu. Por tradição, o FMI, com sede em Washington, costuma ser liderado por um europeu. O próximo líder deve enfrentar uma economia global com o ritmo de crescimento mais fraco desde o impacto da crise financeira. Na semana passada, o Fundo reduziu ainda mais sua projeção de crescimento global, que já era a menor desde a crise, para 3,2% este ano.

Última atualização por Diana Cheng - 29/07/2019 - 13:17