Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Prefeitura do Rio define idade mínima de 18 anos para uso de patinetes elétricos

Diana Cheng - 03/07/2019 - 16:16
Além da idade mínima imposta de 18 anos, a prefeitura proíbe o transporte de animais, passageiros e cargas

A Prefeitura do Rio de Janeiro determinou, em decreto publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (3), a idade mínima de 18 anos para o uso de patinetes elétricos na cidade. O texto de número 46.181 estabelece essa e outras regras para empresas e usuários dos equipamentos.

Baseadas no Decreto 45.550 de dezembro de 2018, as novas normas terão caráter educativo. O primeiro mês será experimental, portanto, a cobrança de multas passará a valer daqui a 30 dias.

Além da idade mínima imposta, a prefeitura proíbe o transporte de animais, passageiros e cargas. Também não será permitido circular em vias exclusivas do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos).

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Estacionamento

O usuário, caso não atrapalhe a circulação de pedestres, poderá estacionar apenas em calçadas com largura igual ou superior a 2,5m.

Velocidade permitida

Será permitida a circulação de patinetes elétricos em ciclovias, ciclofaixas e faixas compartilhadas. Os que trafegarem em vias destinadas a veículos com até 40km/h devem se atentar à velocidade de 20 km/h. Para as vias fechadas, a velocidade máxima permitida é de até 6 km/h.

Empresas

Para operar na cidade, as empresas de patinetes elétricos devem se credenciar junto à prefeitura do Rio e informar a quantidade de patinetes implantadas no sistema, o cronograma de implantação, dias e horários de funcionamento e a localização para a retirada e devolução dos equipamentos.

As patinetes terão enumeração e adesivo ou pintura para facilitar tanto a identificação dos patinetes por parte dos usuários quanto a fiscalização municipal.

Multas

Caso alguma empresa ou usuário do equipamento desobedecer às normas estabelecidas pelo decreto, a Guarda Municipal irá aplicar multas que variam entre R$ 100 e R$ 21 mil.

Última atualização por Diana Cheng - 03/07/2019 - 16:16