Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Preços do petróleo sobem com novas esperanças comerciais antes das negociações

Investing.com Brasil - 09/10/2019 - 14:00
Petróleo em alta após EUA e a China possam pelo menos concordar com uma trégua temporária (Imagem: Steven St. John/ Bloomberg)

Por Investing.com 

Os preços do petróleo sobem nesta na quarta-feira, depois que reportagens da Bloomberg e do Financial Times deram vida às esperanças de que os EUA e a China possam pelo menos concordar com uma trégua temporária e parcial em sua disputa multifacetada quando as negociações comerciais recomeçarem na quinta-feira.

O índice de referência, futuro do WTI dos EUA em alta de US$ 53,20 por barril, um aumento de 1,08% em relação ao final da terça-feira. A referência de mistura internacional, o Brent sobe 0,98%, a US$ 58,78 por barril.

A Bloomberg informou que a China havia manifestado sua vontade de fazer um acordo parcial, enquanto o Financial Times informou que a China estava disposta a comprar até 10 milhões de toneladas a mais de soja nos EUA por ano. Isso valeria cerca de US$ 3,25 bilhões a preços atuais.

O presidente Donald Trump disse no fim de semana que não estava interessado em um acordo parcial e o secretário de Comércio Wilbur Ross disse no mês passado que a disputa não poderia ser resolvida apenas pela China comprando “um pouco mais de carne de porco ou soja“.

As notícias, no entanto, apoiaram um mercado que foi derrubado nos últimos dias por temores sobre a demanda global. Russell Hardy, executivo-chefe da Vitol, um dos maiores comerciantes de petróleo do mundo, foi citado na quarta-feira em uma conferência, ao dizer que a demanda global pode crescer até 750.000 barris por dia este ano, muito abaixo da previsão da Opep e da Agência Internacional de Energia.

“As preocupações com o futuro estão vencendo”, relatou Hardy à Energy Intelligence. “O prêmio de risco desapareceu rapidamente depois dos ataques sauditas”.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Ele e outros executivos seniores do setor comercial dizem que o Brent ficará em média menos de US$ 60 por barril no próximo ano, um número que pode apertar o fluxo de caixa das principais empresas internacionais que estimam esse valor.

Os temores da demanda estavam claramente em foco após os dados de terça-feira do Instituto Americano de Petróleo, que mostram um aumento estimado de 4,1 milhões nos estoques de petróleo na semana passada, bem acima do aumento esperado de 1,41 milhão de barris. Os dados oficiais do governo serão divulgados às 11h30.

Enquanto isso, os futuros da gasolina subiam 1,2%, cotados a US$ 1,6004 por galão, enquanto os futuros de Gás Natural caíam 0,6%, cotados a US$ 2,2760 por 10.000

Última atualização por Rafael Borges - 09/10/2019 - 14:02