Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Preços do petróleo sobem 2% por ataque na Arábia Saudita e expectativa de estímulos

Reuters - 19/08/2019 - 17:15
Petróleo
Os contratos futuros do petróleo dos Estados Unidos encerraram a sessão a 56,21 dólares o barril, alta de 1,34 dólar, ou 2,44% (Imagem: REUTERS/Brendan McDermid)

Os preços do petróleo avançaram cerca de 2% nesta segunda-feira, após um ataque das forças iemenitas houthis a uma instalação de petróleo da Arábia Saudita no final de semana ameaçar a oferta petrolífera, enquanto operadores continuam buscando sinais de que as principais economias do mundo tomarão medidas para contra-atacar uma desaceleração global.

O petróleo Brent, valor de referência global, fechou a 59,74 dólares por barril, avançando 1,10 dólar, ou 1,88%.

Os contratos futuros do petróleo dos Estados Unidos encerraram a sessão a 56,21 dólares o barril, alta de 1,34 dólar, ou 2,44%.

Sinais de uma leve suavização na guerra comercial entre EUA e China, incluindo uma concessão do governo norte-americano para que a chinesa Huawei [HWT.UL] adquira suprimentos de empresas norte-americanas, também ajudaram nos preços do petróleo. [nL2N25F0DL]

Um ataque por drones do grupo houthi a um campo petrolífero no leste da Arábia Saudita no sábado causou um incêndio em uma instalação de gás, ampliando as tensões no Oriente Médio, mas a estatal Saudi Aramco afirmou que a produção de petróleo não foi afetada.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

“O mercado do petróleo parece estar precificando novamente um prêmio por risco geopolítico após os ataques de drones à Arábia Saudita no fim de semana, mas o prêmio pode não se sustentar caso isso não resulte em alguma interrupção de oferta”, disse Giovanni Staunovo, analista de petróleo da UBS.

Última atualização por Bruno Andrade - 19/08/2019 - 17:15