Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Preço médio de venda de imóveis comerciais cai 3,32% no último ano, segundo FipeZap

Diana Cheng - 21/05/2019 - 15:14
Em abril, o preço médio do aluguel de salas e conjuntos comerciais fechou com alta de 0,16%, enquanto o valor de venda ficou estável com ligeiro crescimento de 0,06%

O preço médio do aluguel de salas e conjuntos comerciais fechou com alta de 0,16% em abril, segundo mostra o levantamento do Índice FipeZap, divulgado nesta terça-feira (21). O valor das vendas, por sua vez, ficou estável, fechando com ligeiro crescimento de 0,06%. No último mês, a inflação medida pelo IPCA (IBGE) foi de 0,57%.

Florianópolis foi a cidade que apresentou a maior variação positiva no preço de vendas, de 0,20%. Ela também apresentou o valor mais alto em relação às locações, de 1,18%. A maior queda de venda ficou para Curitiba, tendo seu valor variado 1,09%, enquanto na categoria locação, a cidade que mais retraiu foi Niterói.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Últimos 12 meses

Sobre as vendas de imóveis comerciais, o preço médio está em queda nominal de 3,32%. O preço da locação também recua, porém a 1,09%. Para comparar, a inflação acumulada nos últimos 12 meses é de 4,94%, segundo o IPCA (IBGE).

Campinas foi a única a apresentar variação positiva, subindo 1,46%. Em relação às salas e conjuntos comerciais para aluguel, Salvador, com 7,64%, Curitiba, 4,37%, e Porto Alegre, 1,51%, foram as cidades com maior crescimento no preço.

Preço médio

O valor médio do m² para a venda de imóveis comerciais nas cidades monitoradas foi de R$ 8.891/m² em abril, enquanto o aluguel ficou em de R$ 37,56/m².

Rio de Janeiro apresentou a maior variação em relação às vendas, fechando em R$ 10.222/m². São Paulo, por outro lado, foi a cidade com valor mais alto de locação R$ 44,47/m².

Rentabilidade do aluguel comercial

O retorno médio anualizado do aluguel comercial fechou em 5,25% em abril, superando a rentabilidade do aluguel residencial para o mesmo período, de 4,56%.

Última atualização por Vitória Fernandes - 21/05/2019 - 15:14