Últimas Notícias Comprar ou vender Finanças Pessoais Criptomoedas Economia Política

Criptomoedas

Preço do bitcoin opera em queda; bitcoin cash também cai

Investing.com Brasil - 14/11/2017 - 12:32

Investing.com – O preço da moeda digital bitcoin caía nesta terça-feira após flutuações significativas nas últimas sessões na sequência de um cancelamento de uma atualização de software, ao passo que o bitcoin cash, alternativa ao bitcoin, também estava em baixa.

Na corretora norte-americana Bitfinex, o bitcoin era negociado por US$ 6.436,40 às 10h52.

O bitcoin chegou a cair 29% a partir de sua máxima recorde de US$ 7.900 atingida em 8 de novembro após o cancelamento de uma atualização de software planejada, antes de se recuperar das perdas na segunda-feira.

A atualização planejada, conhecida como “SegWit2x”, teria dobrado a capacidade de processamento da rede, tornando as tarifas de transações de bitcoin mais baratas.

À medida que o bitcoin caía, investidores se dirigiam para a versão alternativa da moeda digital, o bitcoin cash, cuja criação ocorreu com outra divisão do software em 1º de agosto, o que levou essa variante do bitcoin a chegar à máxima recorde de US$ 2.790 no domingo.

bitcoin cash estava cotado a US$ 1.293,10, queda de 4,0% no dia.

Nos preços atuais, o bitcoin cash tem uma capitalização de mercado de US$ 22 bilhões, tornando-se a terceira criptomoeda com maior valorização.

O bitcoin, conhecido por suas fortes oscilações, tende a se recuperar rapidamente dos recuos. Já subiu mais de 500% apenas neste ano e, nos preços atuais, possui uma capitalização total de mercado em torno de US$ 108 bilhões.

O forte aumento deu origem a temores de uma bolha de ativos. No início deste mês, Tidjane Thiam, diretor-executivo do Credit Suisse, alertou que o bitcoin é a “própria definição de uma bolha”.

No entanto, em um sinal de que o setor financeiro está começando a se aquecer para o bitcoin, o CME Group (NASDAQ:CME), maior operador de bolsa de derivativos do mundo, anunciou planejar lançar contratos futuros de bitcoin ainda neste mês, aguardando aprovações regulatórias.

Os futuros permitirão que investidores realizem vendas a descoberto do bitcoin, tornando possíveis apostas bidirecionais, um desenvolvimento que o CME espera que irá atrair importantes investidores institucionais, não apenas especuladores.

Ainda no mercado de criptomoedas, o ethereum, rival mais próximo do bitcoin em termos de capitalização de mercado, subia 2,87%, chegando a US$ 322,21.

Leia mais sobre: Bitcoin, Criptomoedas
 

Últimas Notícias