Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Por IPO, Neoenergia inicia apresentações a investidores no exterior, diz jornal

Investing.com Brasil - 14/06/2019 - 10:17
O IPO da elétrica poderá movimentar até cerca de 3,5 bilhões de reais com a venda de um lote secundário de 208 milhões de ações

Por Investing.com

Na busca pela viabilização de sua oferta inicial de ações, a Neoenergia está em fase de apresentação da operação para investidores estrangeiros. A empreitada começou por Nova York e, em seguida, deve seguir para Londres. As informações são da edição desta sexta-feira da Coluna do Broad, do Estadão.

A publicação destaca que a companhia tem sido bem recebida, principalmente por conta de sua história. Apesar disso, os investidores ainda mostram algumas dúvidas, principalmente pelo fato de a oferta de R$ 4,7 bilhões não representar entrada para o caixa da Neoenergia.

Continua depois da publicidade

Oi deve aceitar a oferta da Sonangol pela Unitel por US$ 1 bilhão, avalia Bradesco

Segundo o jornal, a operação é voltada principalmente à venda das ações detidas atualmente pelo Banco do Brasil (BBAS3), mas também papéis da Previ e Iberdrola (MC:IBE). Procurada, Neoenergia não comentou.

O IPO da elétrica poderá movimentar até cerca de 3,5 bilhões de reais com a venda de um lote secundário de 208 milhões de ações, considerando o teto da faixa indicativa de preço da operação divulgada no início do mês, de 14,42 a 16,89 real por ação.

O cálculo sobre o total não considera a venda de lotes suplementar e adicional, que podem ampliar o lote total vendido em até 35%, tendo como referência a oferta base.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

No processo, a Iberdrola venderá 29,7 milhões de ações; o BB Investimentos, 113,4 milhões de papéis, e o fundo de pensão dos funcionários do Bando do Brasil (Previ), 64,9 milhões de títulos.

A fixação do preço do IPO será feita no dia 27 de junho, e o início da negociação das ações está prevista para acontecer na bolsa paulista em 1º de julho, acordo com comunicado da empresa.

Última atualização por Bruno Andrade - 14/06/2019 - 10:18