Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Plano para futuro da Eletrobras tem divulgação adiada para julho, diz jornal

Investing.com Brasil - 21/06/2019 - 9:46
A grande dúvida que cerca a processo é sobre o modelo que o governo deve optar, se será pela capitalização da elétrica, com a troca do controle acionário, ou se será por meio de uma privatização

Por Investing.com

A divulgação dos pontos principais do plano para a capitalização da Eletrobras (ELET3) deve ficar apenas para o mês de julho. A meta do Ministério de Minas e Energias ainda é de lançar o projeto em junho. As informações são da edição desta sexta-feira no Valor Econômico.

Minas e Energia mantém Eletrobras em programa de privatização

A grande dúvida que cerca a processo é sobre o modelo que o governo deve optar, se será pela capitalização da elétrica, com a troca do controle acionário, ou se será por meio de uma privatização. Ao jornal, uma fonte disse que as primeiras informações devem sair neste mês.

Durante o governo do presidente Michel Temer, foi desenhado um plano de capitalização, com uma oferta subsequente de ação sendo realizada na proporção necessária para levantar recursos para o pagamento de bônus de outorga pela concessão de usinas. Essas usinas operam atualmente no regime de cotas. Assim, seria viabilizada a desestatização do controle da elétrica.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A previsão, na época de Temer, é que seria preciso um total de R$ 12 bilhões para o pagamento desses bônus, o que permitiria renovar os contratos de concessão das plantas por um período de 30 anos. A estimativa é que 14 hidrelétricas da Eletrobras operem sob o regime de cotas.

No final do mês passado, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, revelou que estava trabalhando no plano de capitalização da estatal com o Ministério da Economia e com a Advocacia-Geral da União (AGU). O passo seguinte deve ser apresentar esse projeto ao Congresso.

Última atualização por Bruno Andrade - 21/06/2019 - 9:46