Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Peso argentino abre com queda após Macri anunciar corte de impostos e aumento de subsídios

Reuters - 14/08/2019 - 11:38
Peso Argentino
Pela manhã, o peso caía 12,3%, a 61 por dólar; após medidas econômicas de Macri anunciadas nesta quarta-feira (Imagem: Reuters/Marcos Brindicci)

O peso abriu mais fraco nesta quarta-feira, após o presidente da Argentina, Mauricio Macri, anunciar cortes de impostos para trabalhadores e um aumento de subsídios para serviços sociais, após dois dias de turbulência econômica provocada pela vitória do candidato da oposição, Alberto Fernández, nas eleições primárias argentinas.

Pela manhã, o peso caía 12,3%, a 61 por dólar, marcando a terceira abertura consecutiva de grandes perdas. O peso fechou em queda de 4,29%, a 55,9 por dólar, na terça-feira, após atingir 59 no início do dia. A moeda registrou uma mínima histórica na segunda-feira, de 65 por dólar, uma queda de 30%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A vitória esmagadora de Fernández nas primárias eleitorais de domingo foi um duro golpe para as chances de reeleição de Macri e abalou mercados financeiros com receios de que a Argentina possa voltar às políticas econômicas intervencionistas do governo anterior.

Macri também anunciou que os preços da gasolina na Argentina serão congelados por 90 dias como parte de seu plano para reduzir o impacto da crise econômica.

“As medidas que tomo e que vou compartilhar com vocês agora são porque eu escutei vocês. Ouvi o que vocês queriam me dizer no domingo”, disse Macri. “Essas são medidas que trarão alívio para 17 milhões de trabalhadores e suas famílias”, acrescentou. O presidente disse ainda que está disposto a se reunir com a oposição.

O colapso da moeda, ações e bônus da Argentina na segunda-feira — o pior desde a crise da dívida do país em 2001 — causou ondas de choque nos mercados emergentes.

Última atualização por Lucas Simões - 14/08/2019 - 11:38