Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Papo de Grana: O Ibovespa bateu os 100 mil pontos. E agora?

Opinião - 23/03/2019 - 11:27

Por Papo de Grana

Depois de semanas no “quase”, finalmente o Ibovespa – índice norteador da bolsa brasileira – chegou na marca dos 100 mil pontos. Os investidores de ações comemoram o bom momento da bolsa brasileira e com razão. Em 2019, os ganhos são de 13,72%.

Os fatos que levaram ao topo histórico são muitos. De acordo com o gestor da Warren, Thomaz Fortes, um mercado externo favorável aos países emergentes, como o Brasil, aliado às notícias recentes sobre a reforma da Previdência no país, colocaram para cima a expectativa do mercado em relação à economia brasileira.

Continua depois da publicidade

“Embora o mercado tenha reduzido pela terceira vez a previsão de crescimento da economia brasileira em 2019, segundo o relatório Focus, a previsão para a economia mundial também foi revisada para baixo, permanecendo a perspectiva de taxas de juros baixos nos países desenvolvidos. Isso importa bastante para a bolsa, porque faz com que o brasileiro e o estrangeiro busque mais a renda variável, que tem maior potencial de ganhos – embora tenha também maior risco”.

Algo parecido com o que aconteceu no último ciclo de alta da Bolsa está prestes a se repetir. Veja como é possível ganhar ate +2.691% com estes ativos

Mas e agora? O que esperar da bolsa brasileira?

Em resumo, o fator crucial para a definição do atual cenário positivo no Brasil é a aprovação da reforma da Previdência. Há muitos especialistas otimistas de que a bolsa brasileira possa chegar aos 125 mil pontos até o fim do ano. Portanto, há possibilidade de ganhos ainda maiores para os investidores que persistirem no longo prazo.

— A aprovação está bem precificada e as próximas altas na bolsa provavelmente dependem da realização das expectativas e melhoras concretas na economia — afirma Fortes.

Por isso, conforme a proposta que tramita na Congresso for viabilizada, a tendência é que o mercado reaja com otimismo e pregões ainda mais animadores. Agora, como volátil que é, a renda variável é imprevisível.

Estratégia Luiz Barsi: As ações da Cielo já estão atraentes?

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você