Últimas Notícias IR 2018 Carteiras recomendadas Comprar ou vender Finanças Pessoais Cripto Economia
Cotações por TradingView

Fusões & Aquisições

Paper Excellence e Suzano iniciam disputa pela compra da Fibria

Investing.com Brasil - 13/03/2018 - 10:57

Investing.com – Tudo indica que a Paper Excellence e a Suzano Papel e Celulose (SUZB3) devem travar uma briga para aquisição da Fibria (FIBR3). Depois da formalização da proposta da sino-indonésia de US$ 11,4 bilhões, a Suzano se viu obrigada a elevar sua oferta para US$ 12 bilhões a companhia que atualmente é controlada pela Votorantim e pela BNDESPar

A formalização de uma proposta da sino-indonésia Paper Excellence (PE) pela Fibria, de US$ 11,4 bilhões, no fim de semana, colocou pressão sobre a Suzano Papel e Celulose, que já ofereceu US$ 12 bilhões para comprar integralmente a companhia hoje controlada pelo grupo Votorantim e pela BNDESPar, braço de investimentos do BNDES.

De acordo com o Valor, logo após a apresentação da família Feffer, com o financiamento garantido, a Paper Excelence correu para mostrar interesse na compra da Fibria. Até o fim da semana passada, a companhia controlada por Jackson Wijaya não havia tornado seu interesse oficial.

O fato novo, proposta da PE, colocam o BNDES sobre um dilema, já que será o banco de desenvolvimento que vai determinar, ao lado da Votorantim, se a se a maior produtora mundial de celulose de eucalipto segue nas mãos do capital nacional ou passa a ser controlada pelos asiáticos. Cada uma das sócias pode colocar aproximadamente US$ 3,5 bilhões no bolso com a transação.

De outro lado, a Suzano não quer entrar num processo competitivo aberto e sem regras, indicando que sairá da disputa se esta acontecer sem regras e prazos definidos.

De acordo com o Valor, juntas, Suzano e Fibria responderiam por 16% do mercado global de celulose, líderes isoladas em seu segmento, e um gigante em celulose de eucalipto, situação essa que já causa incômodos em consumidores de outros países. Caso a PE vença, será líder do segmento, mas com participação menor do mercado.

O maior problema da PE é que a companhia ainda não teria os recursos necessários para a compra da Fibria, enquanto a Suzano conta com o financiamento aprovado.

Na sessão de ontem na B3, as ações da Suzano tiveram queda de 4,45% a R$ 22,11, enquanto as da Fibria somaram 2,95% a R$ 69,55.

Por Investing.com

 

Últimas Notícias