Últimas Notícias Cotações Governo Bolsonaro Comprar ou Vender Empresas Economia
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ouro em mínima de dois anos e meio devido a depoimento de Powell

Investing.com Brasil - 17/07/2018 - 13:02

Por Investing.com – A cotação do ouro caía à mínima de dois anos e meio nesta terça-feira, já que um dólar mais forte pesava sobre o metal precioso e Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, declarou apoio a aumentos graduais de juros.

Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, os contratos futuros de ouro com vencimento em agosto recuavam 0,86% para US$ 1.229,20 a onça troy por volta das 11h37.

O preço do ouro caiu uma vez que Powell reiterou o banco central deve aumentar gradualmente as taxas de juros.

O Fed elevou as taxas duas vezes este ano e espera-se que aumente as taxas pelo menos mais uma vez antes do final do ano. Taxas de juros mais altas são ruins para o ouro uma vez que o metal precioso, que não paga juros, luta para competir com ativos com melhores rendimentos quando as taxas de juros sobem.

No entanto, a incerteza em torno das tensões comerciais tornava a análise difícil, disse ele perante a Comissão de Atividades Bancárias do Senado na terça-feira.

“É difícil prever o resultado final das discussões atuais sobre a política comercial, bem como o tamanho e o momento dos efeitos econômicos das recentes mudanças na política fiscal”.

Enquanto isso, o dólar subia, o que também pesava sobre o metal. O ouro normalmente cai quando o dólar sobe, já que o metal precioso é cotado na moeda norte-americana e é sensível a movimentos da divisa.

índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, avançava 0,31% para 94,56.

O metal se torna mais caro para detentores de outras moedas quando o dólar sobe e mais barato quando cai.

Ainda na divisão Comex, os contratos futuros da prata tinham queda de 1,34% e eram negociados a US$ 15,600 por onça troy. Quanto a outros metais preciosos, a platina recuava 0,64% para US$ 821,10, enquanto o paládio caía 0,71% e era negociado a US$ 907,00 a onça. Os contratos futuros do cobre tinham perdas de 0,34% e estavam cotados a US$ 2,755 por libra.

Leia mais sobre: Commodities, Ouro