Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Opção caseira desbanca academia esportiva especializada nos EUA

Bloomberg - 17/08/2019 - 13:03
A Flywheel Sports vai fechar 12 de suas 42 unidades (Imagem: Scott Eells/Bloomberg)

A Flywheel Sports está fechando mais de um quarto dos estúdios de bike indoor da rede nos EUA, no sinal mais recente de que academias especializadas estão penando na concorrência com sistemas domésticos vendidos pela Peloton Interactive.

A empresa sediada em Nova York vai fechar 12 de suas 42 unidades, incluindo todos os quatro estúdios de Los Angeles neste mês, além das academias em Atlanta, Austin, North Miami e na Grande São Francisco, de acordo com um porta-voz. “Decidimos avaliar nossa presença nacional e fechar estúdios com desempenho inferior”, comentou. “Ofereceremos reembolso total a todos os ciclistas impactados.”

Anos atrás, fundos de venture capital abraçaram empresas especializadas de fitness, mas a moda esfriou. A ClassPass, que vende acesso a diversos estúdios esportivos de luxo e recebeu mais de US$ 200 milhões em recursos, baixou o preço da ação dois anos atrás. A SoulCycle, maior rede de academias de spinning, enfrenta boicote após o líder do conselho da controladora organizar um evento para levantar recursos para a campanha do presidente Donald Trump.

A Rumble Fitness, rede de academias de boxe com sede em Nova York que tem celebridades como Justin Bieber entre os sócios, tenta captar recursos há meses e ainda não concluiu a rodada por falta de interesse das firmas de venture capital diante do valor proposto de US$ 500 milhões, segundo pessoas a par do caso, que pediram anonimato porque as conversas são privativas. Uma porta-voz da Rumble não retornou imediatamente a solicitação de comentário da reportagem.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Já a Peloton conquistou mais de 500.000 assinantes para seus aplicativos fitness e produtos de exercício. O mais popular é uma bicicleta ergométrica com tablet acoplado que exibe instruções ao vivo. Em junho, a empresa revelou que submeteu documentação confidencial a reguladores dos EUA para abrir o capital. Segundo pessoas com conhecimento do assunto, a Peloton busca valor de mercado entre US$ 8 bilhões e US$ 10 bilhões, aproximadamente o dobro do valor estabelecido na última rodada de captação privada.

Um fundador da SoulCycle abriu a Flywheel há uma década e expandiu para as maiores cidades americanas. Diante de apuros financeiros, o controle passou em abril para o maior credor, Kennedy Lewis Investment Management, que procura comprador para o negócio, mas foca em vender bicicletas ergométricas para uso em casa.

Planejando o encerramento das atividades nas unidades, a Flywheel comunicou instrutores nesta semana e enviou e-mails a clientes na quinta-feira. “Demorei um minuto para processar a notícia”, escreveu o instrutor Steven Goldsmith, de uma das academias de Los Angeles, no Instagram. “Estou de coração partido!”

Leia mais sobre: Bloomberg, Empresas, Esportes, EUA

Última atualização por Diana Cheng - 16/08/2019 - 15:24