Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Oi avança em dia de divulgação de resultado do quarto trimestre

Investing.com Brasil - 26/03/2019 - 13:39
Ações da operadora estão com alta de 1,68%

Por Investing.com – Na parte da tarde desta quarta-feira na bolsa paulista, as ações da Oi (OIBR4) operam com valorização de 1,68%, aproveitando o dia de bom humor dos mercados financeiros por todo mundo. Na noite de hoje, após o fechamento do bolsa, a companhia irá divulgar os números referentes ao quarto trimestre de 2018.

Tenha o MELHOR E MAIS EXPERIENTE TRADER DO BRASIL como o SEU ASSESSOR [CLIQUE AQUI]

Entrevista com Apex Capital: fundamentalista, verdadeira e transparente

O consenso do mercado aponta que a tele deve registrar prejuízo líquido de R$ 0,17 por ação entre outubro e dezembro, sendo que um ano antes, o resultado foi de perdas de R$ 5,46 por papel, o que superou em muito os R$ 0,48 esperados. Já no terceiro trimestre do ano passado, as perdas foram de R$ 1,04 por ação, quando a estimativa era de R$ 0,21.

Para as receitas, a mediana dos analistas aponta para R$ 5,45 bilhões no quarto trimestre, sendo que no mesmo período do ano passado foi de R$ 5,78 bilhões, momento que eram esperados R$ 6,07 bilhões. Entre julho e setembro do ano passado, o faturamento ficou em R$ 5,48 bilhões, acima dos R$ 5,43 bilhões que eram esperados.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Entre os investidores, a expectativa é alta para a escolha do novo presidente da Oi. Recentemente, o executivo israelense Amos Genish recusou uma oferta para comandar a companhia. Com a recusa, o nome de Rodrigo Abreu, ex-presidente da TIM (TIMP3) e hoje na Quod, passou a ser o nome mais forte, sendo que ele membro do Conselho da Administração da Oi.

Na semana passada, os acionistas da Oi, em assembleia aprovaram o aumento de capital promovido pela Oi no começo do ano e que levantou R$ 4 bilhões em dinheiro novo. Com isso, o estatuto da empresa foi atualizado, passando a prever capital social de R$ 32,5 bilhões, sendo composto por pouco mais de 5,79 bilhões de ações ordinárias e 157,7 milhões de ações preferenciais.

Última atualização por Diana Cheng - 26/03/2019 - 13:39