Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

O que esperar para o mercado de commodities metálicas nesta semana

Investing.com Brasil - 16/12/2018 - 10:56

Por Investing.com – Esta semana, os investidores de metais preciosos estarão se concentrando na reunião de política monetária do Federal Reserve de quarta-feira por seu impacto no dólar, que influencia fortemente o desempenho do ouro.

Espera-se que o Fed apresente um aumento de juros de um quarto de ponto em sua reunião de quarta-feira e também atualize suas projeções econômicas e o gráfico de pontos das projeções de taxa de juros.

Uma coletiva de imprensa pós-reunião política do presidente do Fed, Jerome Powell, será acompanhada de perto. Preocupações sobre as perspectivas para o crescimento global, juntamente com as tensões comerciais e a volatilidade do mercado levaram os investidoes a fazer retroceder as expectativas sobre o ritmo esperado dos aumentos da taxa do Fed em 2019.

O ouro caiu para seu nível mais baixo em quase duas semanas na sexta-feira, à medida que o robustos dados econômicos impulsionaram a moeda americana.

Os Contratos futuros de ouro caíram 0,41% para US$ 1.242,30, na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, na última sexta, após cair antes para US $ 1.236,50. Na semana, o ouro caiu 0,89%.

O dólar subiu para a maior alta de 19 meses depois que dados mostraram que os gastos do consumidor parecem ganhar força enquanto a produção industrial se recupera em novembro.

O ouro é frequentemente sensível aos movimentos do dólar. Um dólar mais forte é visto como um vento contrário para as commodities cotadas em dólares, uma vez que as torna mais caras para detentores de outras moedas.

“O fator-chave (de preços) nas próximas sessões serão as expectativas dos mercados para o Fed”, disse Suki Cooper, analista de metais preciosos do banco Standard Chartered.

“Com a alta da taxa do Fed na próxima semana, qualquer alta no preço do ouro será dificultada pela força esperada do dólar”, disse Ronan Manly, analista de metais preciosos da corretora BullionStar, de Cingapura.

Os preços do ouro subiram para um pico de cinco meses de US$ 1.250,55 por onça na segunda-feira, mas desistiu de todos os ganhos com o fortalecimento do dólar em relação à cesta das principais moedas.

“Com a desaceleração da economia chinesa, junto com a Alemanha e partes da União Européia, espera-se que haja interesse no mercado de ouro”, escreveu Walter Pehowich, vice-presidente executivo de serviços de investimento da Dillon Gage Metals, em nota.

“Mas com o dólar sendo tão forte … vai ser preciso uma grande notícia para trazer o preço do ouro de volta aos investidores.”

Enquanto isso contratos futuros de prata caiu 1,43%, para US$ 14,643, para encerrar a semana em baixa de 0,4%, enquanto contratos futuros de cobre terminaram em US$ 2,2,753, caindo 0,51% para o dia.

Antes da semana que está por vir, a Investing.com compilou uma lista com estes e outros eventos significativos que podem afetar o mercado.

Segunda-feira, 17 de dezembro

A zona do euro deve divulgar dados revisados de inflação e números sobre o comércio.

EUA deve relatar a atividade industrial na região de Nova York.

Terça-feira, 18 de dezembro

O Banco da Central da Austrália deve publicar as atas de sua última reunião de política monetária.

O Instituto Ifo deve informar sobre o clima empresarial alemão.

EUA vai divulgar dados sobre licenças de construção e construção de novas casas.

Quarta-feira, 19 de dezembro

O Reino Unido deve publicar dados de inflação.

O Canadá também deve divulgar seus últimos números de inflação.

EUA lança os dados sobre vendas de imóveis usados.

O Federal Reserve deve anunciar sua taxa de fundos federais e publicar projeções econômicas atualizadas em sua última reunião de política do ano.

Quinta-feira, 20 de dezembro

A Nova Zelândia deve divulgar dados sobre o produto interno bruto e o comércio.

A Austrália deve publicar seu relatório de emprego.

O Banco do Japão deve anunciar sua taxa de juros de referência e publicar uma declaração de taxa, que descreve as condições econômicas e os fatores que afetam a decisão de política monetária.

O Reino Unido deve divulgar dados sobre as vendas no varejo.

O Banco da Inglaterra deve anunciar sua última decisão de política monetária.

Os EUA devem publicar o relatório semanal sobre os pedidos iniciais de auxílio-desemprego e os dados sobre a atividade industrial na região da Filadélfia..

Sexta-feira, 21 de dezembro

O Reino Unido deve publicar dados revisados sobre o PIB juntamente com os relatórios sobre o endividamento líquido e a conta corrente.

O Canadá deve divulgar o PIB e as vendas no varejo, enquanto o Banco do Canadá deve publicar sua pesquisa sobre perspectivas de negócios.

Os EUA deve fechar a semana com dados revisados sobre o PIB, relatórios sobre encomendas de bens duráveis e gastos pessoais e, números revisados sobre o sentimento do consumidor.

– Reuters contribuiu com esta reportagem

Leia mais sobre: Commodities, Ouro

Última atualização por Gustavo Kahil - 16/12/2018 - 10:56