Últimas Notícias Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Criptomoedas Empresas
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Número de assinantes do Tinder bate recorde e sobe 1,2 milhão em 2018

Diana Cheng - 08/02/2019 - 17:01
(Divulgação)

O aplicativo Tinder registrou uma receita de US$ 805 milhões em 2018, quase o total do valor arrecadado por todos os demais aplicativos de encontros do Match Group, empresa controladora da marca. Em resultado referente ao quarto trimestre do ano passado, divulgado na última quarta-feira (6), a Match Group também revelou que o número de assinantes das versões pagas do aplicativo subiu 1,2 milhão no ano passado, totalizando 4,3 milhões de usuários atualmente.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Os assinantes do Tinder Plus podem ver quem curtiu o seu perfil e decidir se retornará a ação, o que acaba aumentando as chances de combinações. Outra função disponível para os usuários das versões pagar é o Super Like, uma curtida ainda mais poderosa que mostra o seu interesse pela pessoa – assinante ou não – que recebeu a ação.

Também é possível mudar a localização do perfil para o próximo destino que for visitar. Dessa forma, o usuário pode ter um encontro marcado com antecedência.

O Tinder Gold é outra versão paga e com recursos semelhantes ao Plus, porém, com uma função a mais: permite que o usuário visualize todas as pessoas que curtiram seu perfil.

Projetos

O Match Group está à toda. No ano passado, lançaram o Tinder U, uma nova versão voltado para o universitário, e o Ship, criado com foco no público feminino.

A empresa também adquiriu o Hinge, um concorrente que obteve quatro vezes mais downloads no quarto trimestre de 2018.

Veja o documento completo do Match Group sobre o balanço do quarto trimestre de 2018:

Leia mais sobre: Aplicativo, Empresas, Match Group, Tinder
Confira as principais notícias dos jornais desta segunda-feira