Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Nível de felicidade do brasileiro está abaixo da média global, revela pesquisa

13/09/2019 - 15:22
Dados mostram que 61% dos brasileiros se dizem muito ou mais ou menos felizes, enquanto a média global é de 64% (Imagem: Pixabay)

O nível de felicidade no Brasil é inferior à média global, de acordo com a pesquisa Global Happiness Study, divulgada pela Ipsos em agosto. Dados mostram que 61% dos brasileiros se dizem muito ou mais ou menos felizes, enquanto o percentual da média global é de 64%.

Mesmo abaixo da média, O Brasil ocupa a 14ª colocação dentre 28 posições.

Os maiores níveis de felicidade são encontrados na Austrália e no Canadá, com 86% cada, seguidos por China (83%), Grã-Bretanha (83%) e França (80%).

Nas últimas posições estão Rússia, com 47%, Espanha, 46%, e Argentina, 34%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Maior fonte de felicidade

A pesquisa apresentou 29 potenciais fontes de felicidade. A maioria da população mundial citou como maior motivo a saúde e o bem-estar físico, tendo a categoria apresentado 55% das respostas. Os filhos e a relação com o cônjuge ou parceiro também se destacam – ambos apresentam 48% das menções.

Os brasileiros também consideram como maior fonte de felicidade a saúde e o bem-estar físico, com 65% das menções, mas outra categoria que se sobressai é a do emprego ou negócio significativo (62%).

Metodologia

A pesquisa online, conduzida entre 24 de maio e 7 de junho de 2019, tem como base as respostas fornecidas por 20,3 mil pessoas adultas.

As amostras por país incluem grupos formados por pouco mais de 1 mil ou de 500 pessoas.

A margem de credibilidade baseada em dados mensais para amostras com número superior a 1 mil entrevistados é de 3,5 pontos percentuais. Para amostras com mais de 500 pessoas, a margem é de 4,8 pontos percentuais.

Veja a pesquisa na íntegra:

Última atualização por Diana Cheng - 13/09/2019 - 17:44

Bolsonaro sanciona orçamento com fundo eleitoral de R$ 2 bilhões