Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Neoenergia: BB Investimentos analisa alta de 19,7% no lucro do 3º trimestre

Diana Cheng - 22/10/2019 - 17:56
No acumulado dos primeiros nove meses do ano, o lucro chegou a R$ 1,6 bilhão, alta de 36,1% na comparação ano a ano (Imagem: REUTERS/Ricardo Moraes)

A Neoenergia (NEOE3) divulgou ontem (21) os resultados operacionais condizentes com o terceiro trimestre de 2019, tendo apresentado crescimento de 19,7% no lucro líquido ante o mesmo período de 2018 – R$ 599,4 milhões contra R$ 501,7 milhões.

No acumulado dos primeiros nove meses do ano, o lucro chegou a R$ 1,6 bilhão, alta de 36,1% na comparação ano a ano.

A receita líquida da empresa, por outro lado, registrou leve queda de 0,2% no trimestre e fechou em R$ 7,1 bilhões. No acumulado do ano, o volume total foi de R$ 21 bilhões.

O Ebitda, que mede a geração operacional de caixa da companhia, subiu 16,4%, passando de R$ 1,2 bilhão para R$ 1,5 bilhão. Na análise do acumulado do ano, o crescimento foi de 22,7%.

No terceiro trimestre, a margem Ebitda registrou alta de 3 pontos percentuais, atingindo 21%. De janeiro a setembro de 2019, o percentual apresentado foi de 19,9%.

De acordo com a BB Investimentos, a Neoenergia demonstrou crescimento de volume distribuído maior que a média nacional tanto no acumulado do ano quanto no trimestre.

Dentre os destaques estão o impacto da revisão tarifária da Elektro ocorrida em agosto, além do ganho de eficiência com os custos crescendo abaixo da inflação.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

“Dados operacionais também vieram positivos, com os indicadores de qualidade de fornecimento DEC e FEC de todos as distribuidoras melhores que o limite regulatório e queda nos índices de perdas com a Elektro se enquadrando”, complementaram os analistas Rafael Dias e Rafael Reis.

A BB Investimentos traz recomendação market perform (alinhado à média do mercado), com preço-alvo de R$ 22,30 e potencial de valorização para fim de 2020 de 8,8%.

Veja abaixo o documento divulgado pela companhia:

Última atualização por Diana Cheng - 22/10/2019 - 18:07