Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Negociações salariais realizadas em 2018 caem 21,9%, aponta Fipe

Diana Cheng - 23/01/2019 - 18:30

A Fipe disponibilizou nesta semana o Boletim Salariômetro de janeiro, com dados do balanço de 2018.

Vale deverá apresentar “fortes resultados” no quarto trimestre, diz Safra

Foram 29.871 negociações realizadas no ano passado, sendo elas 26.253 acordos e 3.618 convenções. Em comparação com 2017, o resultado foi inferior, apresentando queda de 21,9%.

Dos resultados negociados, o reajuste foi o item que mais apareceu, com 56,3% do total, seguido por piso salarial, representando 52,3% das negociações, e contribuição para sindicatos de trabalhadores, com 49,8%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Reajustes reais medianos

Em 2018, foram realizados 15.253 reajustes reais medianos, com destaque para feiras, eventos e divulgações, que variaram 2,94%. A indústria de joalheria variou 1,80%, enquanto as atividades de bancos e serviços financeiros subiram 1,31%.

Os estados com maior variação de quantidade de reajustes reais medianos foram Ceará e Roraima, ambos com alta de 0,94%. Alagoas vem em seguida, apresentando variação de 0,89%.

Pisos medianos

Em relação aos pisos medianos de 2018, foram 14.948 quantidades, fechando em R$ 1.160. Empresas jornalísticas apresentaram o maior piso, de R$ 1.547. Artefatos de borracha e indústria metalúrgica tiveram pisos medianos de, respectivamente, R$ 1.482 e R$ 1.301.

Por unidade da federação, São Paulo apresentou o maior piso, de R$ 1.300, seguido por Paraná, com piso mediano de R$ 1.263, e Santa Catarina, de R$ 1.255.

Leia mais sobre: Economia, Emprego, Fipe, Salário

Última atualização por Gustavo Kahil - 23/01/2019 - 18:30