Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Necton atualiza carteiras “Top 10”, de dividendos e de small caps para outubro

Investing.com Brasil - 01/10/2019 - 11:15
Analistas divulgam portfólios de outubro (Imagem: Bloomberg)

Por Investing.com

A Necton informou na manhã desta terça-feira a atualização das carteiras recomendadas para outubro. Na TOP 10, a equipe optou para retirada dos papéis da BR Distribuidora (BRDT3) e da Guararapes (GUAR3), dando espaço para os ingressos de Iguatemi (IGTA3) e Taesa (TAEE11). Também foram realizadas alterações na Dividendos e na Small Caps.

Analista-chefe da Netcon, Glauco Legat, destaca que mês de setembro foi marcado por um tom mais positivo no cenário global, com as principais bolsas mundiais fechando o mês no campo positivo. Os ataques às refinarias de petróleo na Arábia Saudita, desdobramentos do Brexit e da Guerra Comercial entre China e EUA trouxeram certa volatilidade aos mercados de ações e commodities, mas tiveram seu impacto negativo minimizado.

O Ibovespa fechou em alta de 3,57%, puxado principalmente pelo setor financeiro, o que em certa medida explica a dificuldade do mercado (indústria de fundos) em bater o índice paulista neste mês.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

As carteiras tiveram desempenho misto no mês, com destaque para a Carteira de Dividendos, que apresentou desempenho positivo de (+3,6%) acima do benchmark (IDIV +1,9), com destaques para Itaúsa (ITSA4), com alta de 7,4% e CCR (CCRO3), com valorização de 6,2%.

Em seguida, a Carteira de Small Caps (+3,3%), o destaque individual foi Marfrig (MRFG3), que disparou 32%. Por fim, a Carteira TOP 10 (-0,1%), teve desempenho negativo e inferior ao Ibovespa, por conta principalmente da baixa exposição em bancos, e do case em Oi (OIBR3).

Legat aponta que, para o mês de outubro, é mantido o tom otimista, com a melhora dos indicadores econômicos e continuação da queda de juros, o que deve continuar impulsionado a bolsa. Outro fator que pode adicionar maior volatilidade no mês de outubro é a divulgação de resultados das empresas, que tem início durante o mês.

Destaque para os resultados que devem continuar mostrando o crescimento de receita e lucros das companhias, por conta da melhora operacional e menor alavancagem financeira.

Quanto as alterações, na Carteira Top 10 a corretora tirou as ações de BR Distribuidora e Guararapes, adicionando Iguatemi (IGTA3) e Hapvida (HAPV3). Na Carteira de Dividendos, saída de Equatorial (EQTL3) e entrada de Taesa (TAEE11). Por fim, na Carteira Small Caps, saídas de Marfrig e Banrisul (BRSR6e entradas de Banco Pine (PINE4) e Movida (MOVI3).

Composições:

TOP 10: Petrobras, Bradesco, CVC, Hermes Pardini, Vale, Iguatemi, Hapvida, ETF Small Caps, Porto Seguro e Telefônica.

Dividendos: Taesa, Porto Seguro, Itaúsa, Telefônica e EDP Brasil.

Small Caps: Lopes, Movida, Banco Pine, Hermes Pardini e Tenda.

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 01/10/2019 - 11:15