Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Não vejo como retaliação decisão de Trump de retomar tarifas, manifesta Bolsonaro

02/12/2019 - 11:22
Presidente dos EUA, Donald Trump
Bolsonaro já havia dito que poderia conversar com o presidente dos Estados Unidos a respeito da decisão de retomada tarifas sobre importações de metais do Brasil (Imagem: Reuters/Tom Brenner)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira que não vê como retaliação a decisão dos Estados Unidos de retomar tarifas sobre importações de aço e alumínio do Brasil e disse que, se for necessário, vai ligar para o presidente norte-americano, Donald Trump, e espera ser compreendido por ele.

“Vou conversar com o (ministro da Economia) Paulo Guedes hoje ainda. Se for o caso, vou ligar para o presidente Donald Trump”, afirmou Bolsonaro em entrevista à rádio Itatiaia.

“Não vejo isso como retaliação. Vou conversar com ele para ver se não nos penaliza com a sobretaxa no preço do alumínio. A alegação dele, no Twitter dele, é a questão das commodities, a nossa economia basicamente vem das commodities, é o que nós temos. Espero que tenha o entendimento dele, que não nos penalize no tocante a isso, e tenho quase certeza de que ele vai nos atender”, acrescentou.

Mais cedo, Bolsonaro já havia dito que poderia conversar com o presidente dos Estados Unidos a respeito da decisão anunciada pelo líder norte-americano de que vai retomar tarifas sobre importações de metais do Brasil.

“Se for o caso, ligo para o Trump, eu tenho um canal aberto com ele”, disse Bolsonaro, que é um admirador declarado do presidente norte-americano, em entrevista a jornalistas na saída do Palácio da Alvorada.

O Brasil exportou cerca de 16 milhões de toneladas de produtos siderúrgicos em 2018, das quais 6,6 milhões para os EUA. Em dólares, o total exportado foi de 9,65 bilhões, dos quais 3,85 bilhões de dólares para os EUA, de acordo com dados do Instituto Aço Brasil (IABr).

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Trump anunciou nesta segunda-feira, no Twitter, que vai retomar imediatamente tarifas norte-americanas sobre importações de aço e alumínio do Brasil e da Argentina, citando a “forte desvalorização” das moedas de ambos os países.

“O Brasil e a Argentina têm promovido uma forte desvalorização de suas moedas, o que não é bom para nossos fazendeiros. Então irei, imediatamente, retomar as tarifas sobre todo aço e alumínio embarcado para os EUA a partir desses países”, escreveu Trump no Twitter.

O ministro da Produção da Argentina, Dante Sica, disse que o anúncio de Trump foi “inesperado”, e que estava buscando negociações com o governo norte-americano. Além disso, o Ministério das Relações Exteriores da Argentina informou que iniciará negociações com o Departamento de Estado dos EUA.

Última atualização por Bruno Andrade - 02/12/2019 - 13:12