Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Na bolsa chinesa de Dalian, minério de ferro tem alta de 4,53%

Investing.com Brasil - 27/05/2019 - 8:14
Vale
Commodity segue em alta neste mês (Imagem: Facebook da Vale)

Por Investing.com

A sessão desta segunda-feira, na bolsa chinesa de mercadorias da cidade de Dalian, foi marcada por uma nova forte valorização nos preços dos contratos futuros do minério de ferro. O ativo com o maior volume de negócios, com data de vencimento em setembro deste ano, somou 4,53%, encerrando assim o dia a 761,00 iuanes, uma variação diária de 33 iuanes.

Por outro lado, na também chinesa bolsa de mercadorias de Xangai, o primeiro dia útil da semana teve como destaque a queda nos preços dos papéis do vergalhão de aço. O contrato mais negociado, com entrega para o mês de outubro deste calendário, caiu 21 iuanes para 3.842 iuanes por tonelada. O segundo mais líquido, de janeiro de 2020, perdeu 16 iuanes para 3.555 iuanes por tonelada.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

O mercado acionário chinês avançou nesta segunda-feira, recuperando-se das mínimas de três meses, uma vez que os investidores esperam maior suporte do governo para compensar os impactos das tarifas dos Estados Unidos e o esfriamento da demanda doméstica.

Os Estados Unidos têm solicitado à China que detenha o desenvolvimento de suas empresas estatais, exigência que o governo considera uma “invasão” em sua soberania econômica, afirmou no sábado a agência de notícias estatal chinesa Xinhua.

As tensões comerciais entre os dois países se acirraram, principalmente no início deste mês, depois de o governo do presidente norte-americano, Donald Trump, ter acusado a China de ignorar as promessas anteriores de fazer mudanças estruturais em suas práticas econômicas.

Última atualização por Bruno Andrade - 27/05/2019 - 8:14