Cotações por TradingView

Mirando IPO no Chile, Minerva recua com correção após feriado da véspera

Investing.com Brasil - 21/11/2018 - 13:32

Por Investing.com – Na parte da tarde desta quarta-feira, as ações da Minerva (BEEF3) Foods operam em queda de 1,55% a R$5,73, como correção da sessão negativa das bolsas pelo mundo na véspera, dia que não houve negócios no país devido ao feriado da Consciência Negra, que é feriado em São Paulo.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A processadora de carnes contratou o Banco BTG Pactual (BPAC11) e o JPMorgan Chase como coordenadores para a oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de sua unidade internacional Athena Food no Chile, afirmaram duas fontes com conhecimento do assunto.

Entre as outras instituições que ajudarão na oferta estão o HSBC Holdings (HSBA) e a chilena Larrain Vial SA Corredora de Bolsa, acrescentaram as fontes, pedindo anonimato porque as discussões são privadas

Continua depois da publicidade

A Mirae Asset destaca que a Athena Food, subsidiária da Minerva no Chile, incorporou as operações do frigorífico no Paraguai, no Uruguai e na Colômbia. A corretora lembra que será a primeira empresa de processamento de alimentos listada em Santiago, e os fundos de pensão chilenos estão interessados na oferta, acrescentaram as fontes. Em caso desta operação se confirmar, os analistas entendem que é uma notícia positiva para o grupo, que busca melhorar sua estrutura de capital e reduzir seus indicadores de endividamento.

A receita da Athena equivale a cerca de 40 por cento da receita bruta total da Minerva. A Minerva adquiriu ativos da rival produtora de proteína JBS (JBSS3) no Paraguai, Uruguai e Argentina por 300 milhões de dólares um ano e meio atrás.

Ainda de acordo com a Reuters, mais bancos serão contratados para ajudar a administrar a oferta, segundo as fontes, acrescentando que a Minerva planeja pedir a autorização ao SVS, órgão regulador de valores mobiliários do Chile, nas próximas semanas.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você