Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Minerva/Barretos teria boi a termo até setembro; outras praças melhoram

Giovanni Lorenzon - 29/07/2019 - 16:44
Giro do boi em algumas praças mostra tendência de melhora

O Minerva de Barretos está com escalas fechadas praticamente até setembro, só de bois China e Europa. Maioria da entrega é no negócio a termo que chega ao frigorífico. O produtor Juca Alves conseguiu uma desistência e mata amanhã a R$ 152,00 um lote de novilha.

No geral dos compradores da cidade do Norte paulista, Alves tem visto o animal com premiação chinesa a R$ 156,00, com 30 dias, para descontar Funrural, no balcão, e lotes melhores e maiores, perto do R$ 160.

Mostra que o preço em São Paulo, tomando como base esse importante centro originador (confinamento) e compra, ainda tem força guardada para escapar.

Outra particularidade que ele está vendo na região é a dificuldade de boi magro para confinamento. Em Frutal (MG), “não encontra por menos de R$ 160” e em Barretos, um pouco menos, mas no picado. “Está com cara de que vai faltar animais de outubro em diante”, avalia.

Vamos a um giro pelo mercado do boi desta segunda (29), basicamente com premiação, junto com pecuaristas:

Mato Grosso

Luciomar Machado, de Pontes de Lacerda, di que o JBS pagou hoje R$ 145,00 com o prêmio Europa, com escalas para 1º de agosto.

O Minerva e o Marfrig estão dando R$ 1,00 a mais, porém com pagamento sobre um rendimento de carcaça ruim. Desse jeito, ele acha que compensa matar no JBS.

Mato Grosso do Sul

Lá de Coxim, Jr. Sidoni viu boi saindo para as duas unidades do JBS de Campo Grande – uma com escala para dia 8 e outra para dia 12 – com preços de R$ 143,00 no boi, R$ 133,00 novilha e R$ 131,00 vaca.

Mas há negócios no estado já batendo nos R$ 145 até no boi comum, como notou Marco Garcia, de Três Lagoas,  e Frederico Stella, de Aquidauna.

Já há pressão maior de oferta encurtando, com os pastos mais degradados, em um estado de pouco confinamento.

Em Coxim e Aquidauana os preços podem ganhar mais firmeza em 15 dias, segundo os produtores.

Em Três Lagoas, que tem uma @ entre R$ 1/2,00 menor, Garcia acredita que nesta semana poderá haver algum ganho..

Goiás

Entre Goiânia e Vale do Araguaia, a toada do boi China segue melhor, com o animal Europa R$ 3,00 acima.

Para Fábio Brandão, a primeira bonificação da categoria preferida pelos asiáticos, em R$ 142,00 e o modelo de preferência europeu, a R$ 145,00. Os dois com 30 dias, para descontar.

Pará

Há melhora também no Pará para boi gordo de melhor padrão.

Maurício Fraga, presidente da Associação dos Criadores do Pará (Acripará), conta que em Xinguará, também no prazo, a média foi de R$ 145,00 hoje.

Em Marabá, mais ao Sul, e um pouco mais folgada de animais, R$ 144,00.

 

 

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 29/07/2019 - 16:45