Últimas Notícias Eleições 2018 Comprar ou vender?
Cotações por TradingView

Minério de ferro tem leve valorização na bolsa da Dalian

Investing.com Brasil - 11/07/2018 - 8:04

Investing.com – Os contratos futuros do minério de ferro encerram a jornada desta quarta-feira, na bolsa chinesa de mercadorias de Dalian, com leve valorização de 0,54% a 463,50 iuanes por tonelada, nos ativos com data de vencimento em setembro deste ano. A variação diária foi de 2,5 iuanes.

Já para o vergalhão de aço, a sessão foi de ganhos para a maior parte dos contratos negociados na bolsa de Xangai. O ativo de maior liquidez, com data de entrega em outubro, a valorização foi de 18 iuanes para um total de 3.879 iuanes por tonelada. Já o segundo contrato de maior volume de negócios, para janeiro de 2019, a alta foi de 55 iuanes para um total de 3.680 iuanes para cada tonelada.

Os mercados acionários da China caíram nesta quarta-feira após três dias consecutivos de ganhos e o iuan enfraqueceu depois que os Estados Unidos ameaçaram com mais tarifas de importação sobre produtos chineses, intensificando o conflito entre as duas maiores economias do mundo.

O Ministério do Comércio da China disse estar “chocado” com a mais recente ação de Washington, que ocorre poucos dias depois de ambos os países adotarem tarifas sobre 34 bilhões de dólares em produtos um do outro, e aumenta as apostas de uma disputa comercial mais acalorada que tem abalado os mercados financeiros de todo o mundo.

Os investidores estão particularmente preocupados com o fato de que a crise do comércio possa prejudicar a economia chinesa já em desaceleração, em um golpe para os investimentos e o crescimento globais. Analistas disseram que as preocupações domésticas também pesam sobre as ações.

“A julgar pelos fundamentos econômicos (da China) e pelas expectativas de resultados corporativos, que estão sob pressão em meio à guerra comercial com os Estados Unidos, o mercado de ações ainda não alcançou os níveis mais baixos”, disse Yan Kaiwen, analista da China Fortune Securities.

Com Reuters.

Leia mais sobre: China, Minério de ferro
Últimas Notícias