Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Minério de ferro apresenta desvalorização de 2,17% na bolsa de Dalian

Investing.com Brasil - 20/08/2019 - 8:46
Minério de ferro apresentou nova desvalorização nesta sessão (Imagem: Pixabay)

Por Investing.com

A jornada desta terça-feira foi marcada por uma nova desvalorização nos preços dos contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias de Dalian, na China. O ativo de maior volume de negócios, com data de vencimento para janeiro do próximo ano, a queda foi de 2,17% a 609,00 iuanes por tonelada, variação diária de 13,50 iuanes.

A sessão também foi negativa para os papéis futuros do vergalhão de aço, que são transacionados na bolsa de mercadorias da também chinesa cidade de Dalian. O contrato com a maior liquidez, com data de entrega em outubro do atual calendário, teve queda de 30 iuanes por tonelada, para um total de 3.699 iuanes para cada tonelada. Já o de janeiro de 2020, segundo mais negociado, cedeu 30 iuanes para 3.435 iuanes por tonelada. Os índices acionários da China fecharam em leve baixa nesta terça-feira, com os investidores recuperando o fôlego após um forte rali na sessão anterior e avaliando a extensão e impacto da reforma dos juros pelo governo.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

A China reduziu sua nova taxa de empréstimo de referência nesta terça-feira, como esperado, conforme o banco central inicia reformas da taxa de juros para reduzir os custos de empréstimos corporativos no país.

O Banco do Povo da China designou no sábado a LPR como novo referencial para novos empréstimos bancários a famílias e empresas, substituindo a taxa de um ano do banco central.

Analistas e investidores dizem que as reformas são uma tentativa oficial de reduzir os custos de financiamento na China, que enfrenta pressão do enfraquecimento da demanda e da guerra comercial com os Estados Unidos.

Com Reuters

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 20/08/2019 - 8:46