Últimas Notícias Imóveis Carteiras recomendadas Comprar ou vender Finanças Pessoais Cripto Economia
Cotações por TradingView

Transportes

Metrô de SP: Sindicato e estatal divergem sobre causa de falha

Agência Brasil - 24/04/2018 - 22:02

O metrô de São Paulo completou 50 anos nessa terça-feira, mas o que poderia ser um dia comemorativo, se transformou em transtorno. A Linha Azul, que é a maior e corta a cidade no sentido Norte-Sul, sofreu uma pane.

O problema começou pela queda de energia na linha azul do metrô, a mais antiga das cinco linhas administradas pela estatal paulista.

A circulação de trens foi interrompida por uma hora e meia, entre 8 e 47 e 10 e 17 da manhã, o que afetou todo o sistema e as linhas verde e vermelha tiveram que operar em velocidade reduzida.

As estações ficaram lotadas e as pessoas tiveram que ser retiradas. Ônibus foram acionados para fazer o transporte dos passageiros.

Quem estava dentro do trem quando o fornecimento de energia foi cortado, teve que andar pelos trilhos para conseguir sair do local.

Em nota, o Metrô informou que a queda no fornecimento de energia foi resultado de uma “série de atuações indevidas e não autorizadas de equipamentos de emergência das estações”. A reportagem questionou o que seriam as atuações indevidas e não autorizadas, mas não houve resposta.

Já o sindicato dos metroviários informou, também em nota, que não houve interferência de pessoas já que os lacres dos sistemas de seguranças não foram violados. Segundo o sindicato o que aconteceu foi uma falha no mecanismo de segurança para proteção dos usuários. Além da linha azul, a linha prata, a do monotrilho, apresentou problemas.

O sindicato chamou de irresponsáveis as declarações do governo do estado por insinuar que o problema pudesse ter sido causado por sabotagem dos funcionários.

As quatro estações inauguradas pelo ex-governador Geraldo Alckimin no penúltimo dia de mandato, dia 6 de abril, antes de se licenciar para disputar as eleições, tiveram que ser fechadas por falha na via.

Esta ocorrência não tem relação com a falta de energia que afetou a linha azul.

Os problemas ocorreram no dia em que a Companhia do Metropolitano de São Paulo completou 50 anos. Segundo a empresa, 4 milhões de pessoas por dia usam o metrô, que conta com quase 90 quilômetros de trilhos, 79 estações e 6 linhas, sendo uma delas, operada por um concessionário privado.

Leia mais sobre: Metrô, São Paulo, Transportes

Últimas Notícias