Últimas Notícias Imóveis Carteiras recomendadas Comprar ou vender Finanças Pessoais Cripto Economia
Cotações por TradingView

Mercados

Atento à volatilidade externa, mercado tem cautela antes do Carnaval

Equipe Money Times - 09/02/2018 - 9:20

Olá, bom dia! Este é o pré-market especial Money Times com tudo o que você precisa saber agora.

Abaixo, os principais destaques da imprensa brasileira e da comunidade de investidores:

Comprar ou Vender?

Usiminas/ Credit Suisse – Um acordo visto como inesperado entre os acionistas controladores da Usiminas (USIM5) irá destravar valor e fazer com que a siderúrgica possa focar no seu próprio negócio, avalia o Credit Suisse. Os analistas recomendam a compra das ações da siderúrgica e projetam um preço-alvo de R$ 14. Leia mais

CCR/ Morgan Stanley – O banco americano reduziu o preço-alvo estimado para as ações da CCR (CCRO3) de R$ 18,50 para R$ 16,30, segundo o TradersClub.

Ecorodovias/ Morgan Stanley – No mesmo setor, o banco rebaixou para underweight (expectativa abaixo da média do mercado) a recomendação para as ações da Ecorodovias (ECOR3), cortando o preço-alvo de R$ 12,70 para R$ 9,50, segundo o TradersClub.

Alupar/ Bradesco – A corretora do banco iniciou cobertura das units da Alupar (ALUP11) com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 24.

Petrobras/ Bradesco – Os analistas elevaram o preço-alvo para as ações da Petrobras (PETR4) de R$ 20 para R$ 23 e reiteraram a recomendação de compra. Leia mais

Vivo/ Bradesco – A equipe da Bradesco Corretora alterou para venda a recomendação para as ações da Vivo (VIVT4), mantendo o preço-alvo em R$ 54.

Suzano/ HSBC – A instituição financeira aumentou o preço-alvo para as ações da Suzano (SUZB3) de R$ 21,50 para R$ 23, com recomendação de compra, segundo o TradersClub.

Bolsa/ Verde – Após o rali recente da Bolsa, três setores ainda têm oportunidades que merecem ser acompanhadas, avalia o Fundo Verde, do gestor Luis Stuhlberger. “Nesse contexto, em que os preços das ações das empresas mais impactadas pela retomada da economia já refletem um forte crescimento de lucro para os próximos anos, encontramos as melhores oportunidades de investimento em outros setores, com destaque para o setor financeiro, elétrico e de shoppings.” Leia mais

Carteiras/ Fevereiro – O Money Times realizou um extenso trabalho de coleta de recomendações junto aos analistas de mercado e trouxe, de forma exclusiva, as ações mais desejadas entre as centenas indicadas em fevereiro. Veja aqui

Empresas

Renner/ Resultados – A Lojas Renner (LREN3) alcançou um lucro líquido de R$ 331,8 milhões no quarto trimestre de 2018, um crescimento de 10,7% na comparação com o mesmo período do ano passado. Leia mais

Usiminas/ Resultados – A Usiminas (USIM5) apresentou um prejuízo líquido de R$ 45 milhões no quarto trimestre de 2017, inferior às perdas de R$ 195 milhões reportadas um ano antes.

São Martinho/ Resultados – A São Martinho (SMTO3) lucrou R$ 168,4 milhões no terceiro trimestre do ano-safra 2017/2018, um aumento de 201,7% em relação ao ano anterior.

Biosev/ Resultados – A Biosev (BSEV3) reverteu o lucro e apurou prejuízo líquido de R$ 278,6 milhões no terceiro trimestre do ano-safra 2017/2018.

Pine/ Resultados – O Banco Pine (PINE4) entregou lucro líquido de R$ 2 milhões no quarto trimestre de 2017, número baixo, mas que inverte a tendência negativa tanto do quarto trimestre de 2016 quanto do terceiro trimestre do ano passado, informa a Coinvalores.

IRB/ Resultados – O IRB Brasil Re (IRBR3) divulgou um lucro líquido de R$ 249 milhões no quarto trimestre de 2017, número 32,6% abaixo do apurado em igual período em 2016.

Resultados/ Agenda – Alpargatas (ALPA4) e Tarpon (TRPN3) apresentam nesta sexta-feira (9) seus resultados referentes ao quarto trimestre de 2017 depois do fechamento do mercado.

Suzano/ Crédito – A Suzano (SUZB3) contratou uma operação de pré-pagamento de exportação de US$ 750 milhões.

Tegma/ Joint Venture – A Tegma (TGMA3) concluiu a criação de joint venture no Espírito Santo que congregará as atividades de armazenagem e movimentação de mercadorias em geral em Cariacica-ES.

Gol/ Tráfego – A Gol (GOLL4) informou que a taxa de ocupação dos voos em janeiro ficou em 83,5%, ante 83,2% um ano antes.

Locamerica/ Debêntures – A Locamerica (LCAM3) informou que foi encerrado o procedimento de coleta de intenções de investimentos da sua emissão de debêntures, não conversíveis em ações, em que se pretende captar um montante de R$ 500 milhões de recursos à companhia que serão utilizados no pagamento aos acionistas da Unidas.

Wilson Sons/ Dados – A movimentação de cargas nos terminais portuários administrados pela Wilson Sons (WSON33) cresceu 3,9% em janeiro.

Dommo Energia/ Produção – A Dommo Energia (DMMO3) comunicou que a produção de petróleo no campo de Tubarão Martelo somou 239.358 barris em janeiro.

CSN/ Dívida – A CSN (CSNA3) vendeu US$ 350 milhões em títulos no mercado internacional com vencimento em 2023 e taxa de juro de 7,625% ao ano. A siderúrgica pretende utilizar o dinheiro para recomprar o mesmo montante em dívida de emissões antigas.

TIM/ Oi – Enquanto a Oi (OIBR3; OIBR4) tenta renascer das cinzas, o mercado financeiro vê que cada passo da operadora para uma operação mais saudável se traduz em um caminho mais certo para uma fusão com outra grande tele do setor, que possivelmente pode ser a TIM (TIMP3) ou a asiática China Mobile. Leia mais

Justiça/ Oi – A Justiça Estadual do Rio de Janeiro concedeu liminar suspendendo os efeitos das deliberações da assembleia de acionistas da Oi(OIBR3; OIBR4) realizada na tarde de ontem e que mudou a composição da diretoria da empresa, entre outros pontos. Leia mais

Eletrobras/ Privatização – A assembleia geral extraordinária da Eletrobras (ELET3, ELET6) aprovou a privatização das seis distribuidoras de energia da empresa. Leia mais

Economia & Política

Varejo/ IBGE – O volume de vendas do comércio varejista recuou 1,5% em dezembro, segundo o IBGE, na série com ajuste sazonal, após avançar 1% em novembro. Leia mais

Preços/ Imóveis – Segundo  dados da pesquisa Raio-X FipeZap do quarto trimestre de 2017, houve queda na proporção das transações de compra e venda com desconto no mercado, que passou do pico de 74,8%, em junho de 2016, para 65,2% do total, em dezembro de 2017. Uma explicação para essa menor disposição para dar descontos é a queda real dos preços dos imóveis mostrado pelo Índice FipeZap nos últimos anos. Leia mais

Fipe/ IPC – O índice de preços ao consumidor de São Paulo apresentou desaceleração ficando em 0,25% na primeira quadrissemana de fevereiro, ante 0,46% de janeiro.

Crédito/ Custo – O BC deve lançar um novo regulamento para cartões de débito no mês de março, seguindo sua agenda de baratear o custo do crédito no sistema financeiro. O principal motivo da mudança é estimular o uso de cartões de débito, principalmente em transações de cifras maiores.

Copom/ Selic – O Banco Central foi enfático ao indicar o fim do atual ciclo de cortes no juro. A taxa Selic deve permanecer estacionada em 6,75%, o menor nível da história, por algum tempo. Daqui para frente, o BC poderá adotar um discurso mais aberto, atento ao avanço das reformas, evolução da inflação e do câmbio. Por ora, não há consenso entre os analistas sobre quando o juro voltará a subir: as projeções, segundo um levantamento do Money Times com 10 economistas, vão desde outubro deste ano até meados de 2019. Leia mais

Huck/ Eleições – O apresentador de TV Luciano Huck, que voltou às manchetes e tem recebido afagos dos tucanos, deve decidir se irá disputar o pleito de outubro na volta do carnaval, segundo apurações de jornais.

PSB/ Previdência – O PSB divulgou que o partido não vai mais fazer obstrução às sessões plenárias para inviabilizar o início da votação da reforma da Previdência. Em nota, os 32 deputados do partido avaliam que a base não tem votos para aprovar a proposta neste mês e, por isso, defendem que o texto vá a voto no calendário já anunciado – após o carnaval. Leia mais

Imposto/ Renda Fixa – O deputado André Figueiredo (PDT) apresentou à Câmara dos Deputados proposta que institui uma contribuição social sobre aplicações financeiras com o objetivo de garantir reservas para ações da seguridade social. Entre outros pontos, o texto sujeita à incidência da contribuição os rendimentos auferidos por pessoa física ou empresa em qualquer aplicação ou operação financeira de renda fixa. Leia mais

Internacional

EUA/ Shutdown – O Senado dos Estados Unidos aprovou, na madrugada desta sexta-feira (9), um projeto de Orçamento para os próximos dois anos, faltando agora o sinal verde da Câmara, que permitiria a reabertura do governo, em fechamento parcial administrativo. Leia mais

Mercados/ Volatilidade – A aposta na elevação dos juros americanos e a preocupação dos investidores com o déficit orçamentário têm pesado sobre as bolsas americanas. Seguindo esse cenário, as bolsas de valores da Ásia fecharam a sexta-feira (9) em perdas expressivas. Na Europa, com os mercados em funcionamento, os índices operam no vermelho, com recuos modestos comparados com os de outros mercados. Leia mais

China/ Inflação – A inflação ao consumidor chinês (CPI) subiu 1,5% em janeiro, ante 1,8% em dezembro, na menor alta em sete meses, em meio à queda nos preços dos alimentos.

Reino Unido/ Indústria – A produção industrial do Reino Unido caiu 1,3% em dezembro, segundo pesquisa do Escritório Nacional de Estatísticas (ONS, na sigla em inglês) do país. Analistas previam queda menor, de 0,9%.

Leia mais sobre: Bolsa, Comprar ou vender?, Mercados

Últimas Notícias