Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Medo de queda de Temer é o principal motivo que o manterá na cadeira, diz Eurasia

Gustavo Kahil - 03/01/2017 - 15:05

Temer

O crescimento das pressões sobre o presidente Michel Temer após o atual governo ser envolvido em escândalos de corrupção na investigação da Lava Jato – especialmente com as delações de ex-executivos da Odebrecht – pode ter um lado positivo, aponta a Eurasia em um relatório sobre os riscos políticos globais em 2017 e que pode ser lido aqui.

“Essas pressões irão tornar 2017 um ano difícil para o presidente, mas também irão criar mais urgência para os legisladores aprovarem as reformas importantes, como as relacionadas ao sistema previdenciário do país”, indica a consultoria.

O mais importante na cabeça dos deputados e senadores, ressalta a análise, é criar uma agenda que possa gerar ao menos um crescimento modesto da economia. O relatório Focus do Banco Central divulgado ontem, que concentra as opiniões de aproximadamente 100 economistas, projeta um avanço de apenas 0,5% no PIB em 2017.

“O medo de que a queda de Temer possa provocar o retorno das crises econômicas e políticas que caracterizaram os últimos anos será o único fator e mais importante para mantê-lo no cargo e o curso da agenda de reformas em 2017”, indica a Eurasia.

Última atualização por - 05/11/2017 - 14:08