Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Medida dos EUA sobre aço não preocupa nem atrapalha relação profunda entre os dois países, diz Araújo

02/12/2019 - 18:26
Ernesto Araújo
Essa medida aí (do aço) não nos preocupa e não nos tira desse trilho rumo a uma relação mais profunda não”, disse Araújo (Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou segunda-feira que a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciada no Twitter mais cedo, de elevar tarifas de importação do aço brasileiro não preocupa e não vai tirar o país do trilho de uma relação mais profunda.

“É uma relação muito dinâmica, existem várias coisas que nós já conseguimos que não tínhamos conseguido antes, acabou de ser aprovado aí o acordo de salvaguardas tecnológicas, que nós queríamos há 20 anos e não tínhamos conseguido justamente uma posição americana favorável, finalmente conseguimos”, disse.

“Então é um balanço dinâmico, comércio, nos outros setores, então eu acho que sim e vamos cada vez mais aprofundar. Essa medida aí (do aço) não nos preocupa e não nos tira desse trilho rumo a uma relação mais profunda não”, completou ele, após ser questionado sobre críticas segundo as quais o Brasil tem cedido muito aos EUA e recebido pouco em troca.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Em rápida entrevista após um evento no Palácio do Planalto, o chanceler brasileiro disse que o governo está conversando com vários níveis de autoridade dos Estados Unidos e isso vai ser avaliado “com muita tranquilidade”.

Araújo disse que não há “atrito nenhum” com os EUA e que, por enquanto, o presidente Jair Bolsonaro não conversou com Trump sobre o assunto.

“Por enquanto, nós estamos num nível técnico, nesse nível de entender as medidas”, destacou.

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, participaram da solenidade no Planalto em que Araújo comentou a decisão do governo dos EUA, mas não se pronunciaram sobre o assunto, após serem questionado por repórteres.

Última atualização por Bruno Andrade - 02/12/2019 - 18:26