Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Maior mina de cobre do mundo vai usar energia 100% renovável

Bloomberg - 08/10/2019 - 14:11
O anúncio é outro sinal de que grandes empresas estão respondendo às demandas de investidores por medidas mais eficazes contra as mudanças climáticas (Imagem: Divulgação BHP)

A BHP planeja operar a maior mina de cobre do mundo com energia totalmente renovável para reduzir sua pegada de carbono.

A empresa está nos estágios finais para fechar um contrato de longo prazo de energia renovável em Escondida, no Chile, que provavelmente será mais econômico em comparação com o atual abastecimento a gás, disse Geoff Healy, diretor de assuntos externos da BHP, durante apresentação para investidores.

O anúncio, que ocorreu quando o grupo ativista Extinction Rebellion organizava manifestações em Londres, é outro sinal de que grandes empresas estão respondendo às demandas de investidores por medidas mais eficazes contra as mudanças climáticas.

“O nível de exigência, como podem ver, é mais alto para nós, como empresa de recursos, do que para outros setores”, disse Healy. “E é por isso que devemos nos mexer.”

A mudança também destaca alguns dos dilemas enfrentados pelo setor de recursos naturais rumo a processos mais “verdes”. Enquanto a BHP destaca suas credenciais ambientais ao considerar sair do setor de carvão térmico e aumentar o foco em energia renovável, a empresa ainda produz petróleo e gás.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Em 2013, o Chile aprovou uma lei segundo a qual 20% da energia do país seja fornecida por fontes renováveis até 2025, expandindo os projetos nesse segmento. O Chile tem a geografia como aliada. Atacama é o deserto mais seco do mundo e recebe mais radiação solar do que quase qualquer outro ponto do planeta. Ventos fortes que sopram da costa do Pacífico e da Cordilheira dos Andes também são ideais para a geração de energia eólica.

A BHP também planeja suspender o uso de água fresca em Escondida até 2030. No ano passado, a empresa abriu uma usina de dessalinização de US$ 3,4 bilhões que bombeia água do mar para a mina.

Última atualização por Vitória Fernandes - 08/10/2019 - 14:11