Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Magazine Luiza fica mais “Amazon” ao anunciar a venda de livros no e-commerce

Gustavo Kahil - 24/04/2019 - 9:59
Magazine Luiza
(Imagem: Internet/Reprodução)

O Magazine Luiza (MGLU3) iniciou a venda de livros em seu e-commerce com um catálogo inicial de 240 mil títulos, informou a varejista em um comunicado distribuído à imprensa.

Segundo a empresa, a entrada neste novo segmento faz parte da estratégia de ampliação do aplicativo atual da para um “superapp”. A disponibilização de produtos de bens de consumo e beleza, já em operação, também está dentro deste novo perfil. Como alguns analistas já comentam, o Magalu tem sido vista como uma “Amazon brasileira”

“Queremos que o cliente encontre no Magalu tudo o que precisa, diariamente, com a facilidade de retirar na loja sem taxas de entrega”, diz Galanternick.

Continua depois da publicidade

A varejista promete a entrega em 24 horas. O Magalu tem lojas em 300 cidades do Brasil que não têm livrarias.

A nova onda de IPOs já chegou! Deixe o seu-email e saiba como ganhar com ela!

“Apenas 50 milhões de brasileiros afirmaram ter comprado um livro nos últimos três meses. É um mercado em crescimento e vamos aproveitar esta oportunidade vendendo livros com entrega rápida e frete grátis,” afirma Eduardo Galanternick, diretor-executivo de e-commerce do Magalu. “O objetivo é fazer com que o Magalu se torne referência neste segmento”.

Marketing

Para o lançamento da nova categoria de produtos, o Magalu vai convidar uma série de influenciadores, como a apresentadora Maísa, os atores Dan Ferreira e Alice Wegmann, as influenciadoras digitais Gabi Oliveira (@gabidepretas) e Mari Belém (@maribelem) e a professora, palestrante e autora de best sellers Martha Gabriel.

Além de 13 “booktubers” como Bel Rodrigues, Book Mania e Gustavo Cunha. Entre as ofertas especiais estão os livros “Milagre da Manhã, por R$12,90, “Mindset” por R$19,90 – exclusivo para compras no app – e outros 500 livros por apenas R$10 cada.

“Tivemos, também, o cuidado de desenvolver uma embalagem especial para nossos livros, que será de material reciclável”, conclui Galanternick.

Última atualização por Gustavo Kahil - 24/04/2019 - 10:01