Últimas Notícias Cotações Governo Bolsonaro Comprar ou Vender Empresas Economia
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Lucro dos três maiores bancos privados atinge o segundo maior valor da história

Investing.com Brasil - 06/11/2018 - 10:17

Por Investing.com – Os três maiores bancos privados do Brasil Itaú Unibanco (ITUB4), Bradesco (BBDC4) e Santander (SANB11) registraram juntos no terceiro trimestre do ano o segundo maior lucro líquido da história, ficando somente atrás do segundo trimestre de 2015. Na ocasião, o banco espanhol teve um resultado extraordinário, obtendo lucro de R$ 3,88 bilhões. As informações constam de um relatório da Economatica. Descontado o fator pontual de 2015, o período entre julho e setembro de 2018, foi o melhor da história.

A consultoria destaca que durante os quatro últimos trimestres o lucro consolidado dos três bancos vem registrando crescimento. O lucro do Itaú Unibanco no terceiro trimestre de 2018 é de R$ 6,24 bilhões, seguido pelo Bradesco com R$ 5,01 bilhões e Santander com R$ 3,0 bilhões. Somados, totalizam 14,25 bilhões. No caso do Bradesco, o resultado foi o maior para um trimestre.

Já o valor de mercado dos três bancos em 1º novembro de 2018 era de R$ 670,3 bilhões, segundo maior valor histórico com amostras trimestrais. O maior valor foi registrado no primeiro trimestre de 2018 com R$ 699,4 bilhões.

O Itaú é o maior banco com R$ 302,3 bilhões de valor de mercado, seguido pelo Bradesco com R$ 227,8 bilhões e Santander com R$ 154,2 bilhões. Em dezembro de 2006 o valor de mercado consolidado era de R$ 187,4 bilhões, demonstrando crescimento de 258% até 1 de novembro de 2018.

De acordo com a Economatica, os ativos totais dos três bancos em setembro de 2018 somam R$ 3,66 trilhões. Em dezembro de 2006 os ativos eram de R$ 577 bilhões. No caso do Itaú, que é o maior banco não estatal, os ativos são R$ 1,61 trilhão, seguido pelo Bradesco com R$ 1,28 trilhão e Santander com R$ 770 bilhões.

Já as operações de crédito das instituições atingiram R$ 1,03 trilhões no terceiro trimestre de 2018. Para a consultoria, o que chama a atenção é o fato das operações de crédito de curto prazo terem ultrapassado as de longo prazo pelo segundo trimestre consecutivo. Em setembro as operações de crédito de curto prazo consolidadas dos três bancos são de R$ 536 bilhões contra R$ 499 bilhões de operações de crédito de longo prazo

Os depósitos totais dos três bancos em setembro de 2018 atingem R$ 682 bilhões, sendo que os depósitos a prazo registram o maior valor com R$ 283 bilhões. Os depósitos em poupança atingem o maior valor com R$ 199 bilhões. PDD consolidado dos três bancos em setembro de 2018 é de R$ 10,0 bilhões, que é o menor valor já registrado desde o segundo trimestre de 2014 quando o provisionamento foi de R$ 9,9 bilhões.

A Economatica calcula a evolução de diversos números dos balanços dos três maiores bancos privados brasileiros de capital aberto desde dezembro de 2006, quando os números do Santander estão disponíveis na CVM.

Para o levantamento a Economatica utiliza os demonstrativos financeiros contábeis no padrão CVM disponibilizados pelas instituições trimestralmente na CVM.

Últimas Notícias