Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Lucro da SLC cai 34%, mas Ebitda salta 50%

Gustavo Kahil - 09/05/2019 - 9:46
No primeiro trimestre do ano, a receita líquida e o volume faturado foram recordes para o período com aumento de 46,2% e 56,9%

O lucro líquido da SLC (SLCE3) apresentou uma queda de 34,2% no primeiro trimestre de 2019, a R$ 111,381 milhões, na comparação com o mesmo período do ano anterior, informou a empresa por meio de um comunicado enviado ao mercado.

Apesar do aumento de 46,6% no lucro bruto das culturas faturadas no trimestre, o resultado consolidado apresenta declínio  pela dinâmica de apropriação dos ativos biológicos (variação do valor justo e realização do valor justo) da cultura da soja.

“Pelo terceiro ano consecutivo, a SLC não apenas conseguiu obter rendimentos muito fortes (18% acima da média brasileira de soja), mas também aumentou agora os rendimentos esperados de soja, algodão e milho em 6%, em média, comparado às projeções anteriores, reafirmando o sucesso da nova fase estratégica da SLC que se concentra em áreas maduras e agricultura digital”, ressalta o BTG Pactual.

Continua depois da publicidade

No primeiro trimestre do ano, a receita líquida e o volume faturado foram recordes para o período com aumento de 46,2% e 56,9% respectivamente. O maior volume faturado de soja é o destaque para o período,  72,6% superior, com crescimento de 108,2% na receita líquida.

“O avanço significativo do volume faturado é reflexo da melhoria de eficiência operacional no plantio e na colheita (plantamos e colhemos mais cedo), o que possibilitou a antecipação de embarques e o aproveitamento de melhor período logístico para escoamento do grão. Adicionalmente, houve aumento dos preços unitários faturados nas três principais culturas”, explica a empresa.

O Ebitda ajustado foi de R$225,5 milhões, aumento de 49,9%, com margem ajustada de 36,4%. Esse incremento foi oriundo, principalmente, do aumento no volume faturado de soja entre os períodos. O valor ficou 50% acima do estimado pelo BTG Pactual.

Produtividade

“O primeiro trimestre do ano é marcado pela colheita de soja e conclusão do plantio das culturas de 2º safra. Com a colheita de soja concluída no final de abril, realizamos uma produtividade de 3.742 kg/ha, 6,2% acima do projeto inicial e em linha com a produtividade atingida na safra anterior”, destaca a empresa.

Além disso, a empresa ressalta que esse resultado obtido é 18% superior à estimativa da média brasileira apurada para a safra 2018/19, de acordo com os últimos números da Conab. “Conforme temos mencionado, a distanciamento em relação à média de produtividade nacional é um dos principais objetivos da atual estratégia”, indica a empresa.

Veja a íntegra dos resultados:

Leia mais sobre: Agronegócio, Empresas, SLC Agrícola

Última atualização por Gustavo Kahil - 09/05/2019 - 9:46