Últimas Notícias Tesouro Direto Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Cripto
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Light cai mais de 2% após reportar lucro de R$ 92 milhões no 4º trimestre

Investing.com Brasil - 29/03/2019 - 12:00
Ações da Light caíram 2,16% nesta manhã (Beth Santos/Secretaria-Geral da PR)

Por Investing.com

As ações da Light (LIGT3) operam com queda de 2,16% a R$ 19,96 na parte da manhã desta sexta-feira na bolsa paulista. A companhia teve no quarto trimestre de 2018 lucro líquido de R$ 92 milhões, levemente acima do mesmo período do ano anterior, quando foi de R$ 91 milhões, variação de 1,3%.

Exclusivo! Cadastre-se para receber um dia antes a Carteira Money Times - O Consenso do Mercado

De acordo com a companhia, o resultado foi motivado pela melhora do resultado financeiro. “Ao longo de 2018, a Companhia manteve o foco na estratégia da melhora do perfil da dívida a fim de reforçar seu compromisso com a liquidez”, diz a Light no informe de resultados.

Continua depois da publicidade

O Ebitda no critério ajustado consolidado foi de R$ 430 milhões, queda de 44%, devido a efeitos não recorrentes ocorridos no quarto trimestre de 2017, como o ajuste do valor justo do ativo indenizável da concessão (VNR) na distribuidora e o reconhecimento de indenização operacional na comercializadora, além de redução do mercado faturado e aumento das perdas. Com isso, a margem Ebitda ajustado recuou para 15,9%, de 23,8% em igual intervalo de 2017.

Light
Empresa teve perca de volume de 3,5%

O BTG Pactual (BPAC11) avalia que os números da Light foram decepcionantes, com destaque para a queda de 3,5% em volume, para o aumento de perdas de energia (23,95% vs. 23,15% no 3º trimestre e com um forte aumento nas despesas gerenciáveis, com um aumento de 10% nas despesas com PMSO e um aumento de R$ 56 milhões em despesas com devedores duvidosos.

Para os analistas, a companhia está em uma corrida contra o tempo. Para eles, com o passar do tempo, os números mostram-se deteriorados, sendo necessária uma injeção de capital. Eles esperam que, com a mudança no conselho, uma solução seja apresentada, sendo a escolha de um CEO alinhado com mercado uma das necessidades.

Leia mais sobre: Empresas, Light, Mercados, Setor Elétrico
Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você