Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Juro do cheque especial caiu em julho; taxa média é de 13,51% ao mês

Arena do Pavini - 10/07/2019 - 13:45
A única alteração verificada na taxa de cheque especial foi promovida pela Caixa Econômica Federal, que reduziu sua taxa de 13,55% para 13,45% a.m. (Imagem: Pixabay)

Por Arena do Pavini

Pesquisa de taxa de juros da Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, constata que, nenhuma instituição financeira pesquisada alterou a taxa de empréstimo pessoal e, no cheque especial a taxa média apresentou queda de 0,02% em relação a junho.

O levantamento, realizado em 1º de julho, envolve os seguintes bancos: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, Safra e Santander.

No Empréstimo Pessoal a taxa média dos bancos pesquisados foi de 6,32% a.m., a mesma constatada no mês anterior.

Nenhum banco da amostra modificou a taxa do empréstimo pessoal.

No Cheque Especial a taxa média foi de 13,51% a.m., redução de 0,02 ponto percentual em relação a junho.

A única alteração verificada na taxa de cheque especial foi promovida pela Caixa Econômica Federal, que reduziu sua taxa de 13,55% para 13,45% a.m., representando queda de 0,10 ponto percentual em relação ao mês anterior.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Especialistas do Procon-SP alertam que, apesar do resultado desta pesquisa, os juros continuam ainda muito elevados. O consumidor deve ficar atento e não ceder aos impulsos, principalmente diante das facilidades oferecidas pelos bancos, como créditos pré-aprovados e aumentos do limite de cheque especial.

BancosEmpr.PessoalCheque Especial
Banco do Brasil6,11%12,49%
Bradesco6,22%13,45%
Caixa5,50%13,45%
Itaú6,27%13,45%
Safra5,90%13,30%
Santander7,89%14,93%

O Procon lembra que os dados acima referem-se a taxas máximas prefixadas para clientes (pessoa física) não preferenciais, independente do canal de contratação, sendo que, para o cheque especial, foi considerado o período de 30 dias e para o empréstimo pessoal, o prazo de contrato é de 12 meses.

Leia mais sobre: Bancos, Economia, Juros, Procon

Última atualização por Bruno Andrade - 10/07/2019 - 13:45