Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

IRB Brasil acumula alta de mais de 11% desde oferta de ações realizada pela Caixa

11/07/2019 - 11:56
IRB
Ações do IRB sobem mais de 11% desde oferta da Caixa (Imagem: Facebook oficial IRB)

 Por Investing.com 

Na noite de ontem, a União e o Banco do Brasil (BBAS3), por meio da BB Seguridade (BBSE3), divulgaram fato relevante para anunciar a venda de suas participações no IRB Brasil (IRBR3), seguindo os passos da oferta subsequente realizada pela Caixa Econômica Federal no começo ano.

Desde o follow on, aos papéis da companhia registraram valorização de 11,48%. Agora, é a vez do BB e da União se desfazerem de suas fatias.

No entanto, com o lançamento da oferta pela BB Seguridade, as ações operam em queda de 2,71% a 98,70.

Desta vez, a oferta de ações será com esforços restritos de distribuição, seguindo o que determina a Instrução 476 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Isso quer dizer que os papéis devem ser oferecidos a 75 investidores, mas pode ser subscrita por apenas 50 deles, em se tratando do mercado interno. Já para estrangeiros, não haverá restrições. Assim, a expectativa é que a oferta seja colocada em um menor tempo.

Uma das preocupações dos investidores era sobre uma possível saída do Itaú Unibanco (ITUB4) e do Bradesco (BBDC4) do negócio.

No entanto, com a decisão dos bancos privados de ficarem no ressegurador, fechando com um período de lockup de 180 dias, fizeram com que as ações do IRB fechassem a sessão de ontem com alta de mais de 6%, a R$ 101,45.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

De acordo com a edição desta quinta-feira da Coluna do Broad, do Estadão, a Caixa não deve se desfazer de sua participação na companhia, que detém por meio do Fundo Barcelona. A ideia do banco público é esperar o fim da reestruturação de sua operação de seguros.

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 11/07/2019 - 12:11