Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Iochpe Maxion retorna ao lucro com forte demanda de veículos no Nafta

09/05/2019 - 10:36
Iochpe-Maxion
A receita operacional líquida consolidada alcançou R$ 2,468 bilhões, um crescimento de 15,1%

O lucro líquido da Iochpe-Maxion (MYPK3) ficou em R$ 63,1 milhões no primeiro trimestre de 2019, uma melhora em relação ao prejuízo líquido de R$ 13 milhões no primeiro trimestre de 2018, informou a empresa por meio de um comunicado enviado ao mercado.

O resultado foi impactado de forma positiva por uma transferência de ativos de propriedade intelectual entre empresas controladas da companhia para fins fiscais e gerou o reconhecimento de um valor positivo de R$ 63,2 milhões na linha do imposto de renda e contribuição social, que terá como contrapartida o dispêndio do mesmo
montante, pela amortização de tais ativos, ao longo de 15 anos.

“O intuito desta transferência é atribuir a titularidade de tais ativos à controlada que desenvolverá as atividades funcionais e concentrará os custos de desenvolvimento e de manutenção desses referidos ativos”, explica a empresa.

Desconsiderando os efeitos da transferência de ativos de propriedade intelectual, e a antecipação dos custos relacionados à renegociação de dívida da Companhia, o lucro líquido teria sido de R$ 22,5 milhões.

A receita operacional líquida consolidada alcançou R$ 2,468 bilhões, um crescimento de 15,1%. Os números foram impactados pelo crescimento da produção de veículos comerciais no NAFTA e do volume de rodas de alumínio naquele mercado, por conta do aumento de capacidade realizado na planta de Chihuahua no México.

O Ebitda atingiu R$ 242,6 milhões, um avanço de 6,8%.

Veja a íntegra dos resultados:

Última atualização por Gustavo Kahil - 09/05/2019 - 10:36

15 gestoras indicam 15 ações para 2020