Últimas Notícias Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Criptomoedas Empresas
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Inflação na Zona do Euro avança 1,5% em fevereiro e reduz temores de estagnação

Valter Outeiro da Silveira - 15/03/2019 - 7:46
Autoridade monetária europeia estendeu refinanciamentos de longo prazo a bancos

A inflação na Zona do Euro apresentou variação positiva de 1,5% em fevereiro, na base anual de comparação, dizimando possíveis preocupações em relação a estagnação no bloco e de possível nova normalização similar à economia japonesa (sem juro, sem inflação).

Carteira Money Times: O Consenso do Mercado na sua Mão

Na base mensal de comparação, o avanço de 0,3% no último mês reforça o otimismo. Durante janeiro, a inflação nos 19 países componentes do bloco foi de 1,4%, em relação ao primeiro mês de 2017.

Os preços dos serviços contribuíram positivamente com 0,61 ponto percentual na composição da inflação, seguido por álcool e tabaco, com 0,44 ponto percentual e preços mais altos de gasolina, com 0,35 ponto percentual.

Injeções a tona

O BCE (Banco Central Europeu) trabalha atualmente com a meta de 2% ao ano, tendo cumprido seu objetivo desde 2013. A questão em si não está no controle da inflação como todo, tendo em vista o cerceamento existente já para que não haja escalada, mas sim na propulsão de consumo e investimento para obter-se variação saudável e positiva dos preços.

Garanta um método eficaz para gerar renda adicional periodicamente

Em meio ao cenário, a autoridade monetária europeia manteve o juro básico negativo em 0,4% ao ano – menor patamar da história – e injetou nada menos que 2,6 trilhões euros no sistema financeiro, via compra de títulos e rodadas de empréstimos subsidiados a bancos.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você
Receba dicas EXCLUSIVAS de investimento em seu e-mail – Não é propaganda