Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ibovespa futuro abre a sessão desta terça-feira com leve valorização

Investing.com Brasil - 04/12/2018 - 9:13

Por Investing.com – Após encerrar a sessão em leve queda, o índice futuro do Ibovespa abre a terça-feira com ganhos de 0,16% aos 89.945 pontos, em dia que mostra uma tendência negativa nos mercados europeus e também nos índices futuros de Wall Street.

Veja as carteiras recomendadas para dezembro

Pré-Market: Alarme falso

Em outubro de 2018, a produção industrial nacional subiu 0,2% frente a setembro (série com ajuste sazonal), primeira taxa positiva após três meses de quedas que acumularam redução de 2,7% na atividade. No confronto com outubro de 2017 (série sem ajuste sazonal), a indústria cresceu 1,1%, após queda de 2,2% em setembro.

Os índices acumulados do ano (1,8%) e nos últimos doze meses (2,3%) continuam positivos, mas o setor mostrou perda de ritmo frente aos meses anteriores.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo encerrou novembro com alta de 0,15 por cento, depois de subir 0,48 por cento em outubro, com recuo dos preços de Transportes e Habitação. A leitura informada nesta terça-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) ficou em linha com a expectativa em pesquisa da Reuters.

Os dados mostraram que o maior peso para o resultado do mês foi exercido pelo grupo Despesas Pessoais, de 0,1553 ponto percentual, depois de acelerar a alta a 1,14 por cento em novembro, de 0,22 por cento no mês anterior.

No campo político, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) volta a Brasília nesta terça-feira onde se reúne com representantes de partidos como MDB, PRB, PR e PSDB, para buscar apoio necessário para encaminhar as reformas no começo de seu mandato, em especial da previdência.

Lá fora, a agenda desta terça-feira não reserva indicadores de destaque, com as atenções voltadas principalmente para sexta-feira, quando serão divulgados os números oficiais do mercado de trabalho americano.

Bolsas Internacionais

Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 2,39 por cento, a 22.036 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,29 por cento, a 27.260 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,42 por cento, a 2.665 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,21 por cento, a 3.267 pontos.

Na Europa, com os mercados abertos, o dia se mostra negativo para as principais praças. Em Frankfurt, o DAX registra perdas 0,68% aos 11.387 pontos, enquanto que em Londres, o FTSE perde 0,39% aos 7.034 pontos. Já em Paris, o CAC retrocede 0,65% aos 5.021 pontos.

Commodities

A jornada desta terça-feira na bolsa de mercadorias de Dalian, na China, foi marcada por novos ganhos para os preços dos contratos futuros do minério de ferro. O ativo de maior volume de negócios, com data de entrega em maio do próximo ano, encerrou com valorização de 1,72% a 472,00 iuanes por tonelada, o que representa ganhos de 8 iuanes na sessão.

O dia também foi positivo para as cotações do vergalhão de aço, que são transacionados na bolsa de mercadorias de Xangai, também na China. O contrato de maior liquidez, com data de vencimento no quinto mês do ano que vem, teve ganhos de 44 iuanes para 3.374 iuanes por tonelada. Já o segundo mais negociado, para janeiro, somou 80 iuanes, a um total de 3.765 iuanes por tonelada.

No mesmo cenário das commodities metálicas, os preços do petróleo seguem em recuperação nos mercados internacionais. Em Nova York, o barril do tipo WTI soma 2,15%, ou US$ 1,14, a US$ 54,09. Já em Londres, o Brent avança 2,16%, ou US$ 1,33, a US$ 63,02.

Mercado Corporativo

O Itaú Unibanco (SA:ITUB4) e o Standard Chartered (LON:STAN) fizeram uma parceria para desenvolver uma plataforma baseada em blockchain para pequenos empréstimos sindicalizados, disseram as duas empresas na segunda-feira.

A parceria representa o mais recente de uma série de esforços dos bancos para aproveitar o blockchain, um registro digital compartilhado de transações que é mantido por uma rede de computadores, e não por uma autoridade centralizada.

O uso de blockchain no setor bancário deve reduzir o risco de fraude nas transações financeiras, bem como reduzir a complexidade e os custos, disseram os bancos.

O espanhol BBVA (MC:BBVA) informou em junho que estava passando para a fase do teste de um projeto que visa usar a tecnologia blockchain em empréstimos sindicalizados e em abril se tornou o primeiro banco global a organizar um empréstimo corporativo usando blockchain.

A Petrobras (SA:PETR4) fechou um novo acordo de negociação de dívidas com a Eletrobras (SA:ELET3) e sua subisidiárias no Estado do Amazonas para recomposição de garantias e equacionamento de dívidas em atraso, anunciou a petroleira na noite de segunda-feira em fato relevante.

O novo acordo também estabelece regras para o fornecimento de gás para a geração de energia no Amazonas, acrescentou a estatal.

Segundo a Petrobras, foi acertado um aditivo ao instrumento de confissão de dívida celebrado em 2014 para recomposição de garantias pela Eletrobras, originalmente previstas, no valor de 3,826 bilhões de reais, além de um aditivo ao reconhecimento de dívida no montante de 571,8 milhões de reais pelo fornecimento de gás ocorrida após a negociação de 30 de abril com a Amazonas Energia.

A rede de academias de ginástica e dança Smartfit anunciou nesta segunda-feira a convocação de uma assembleia de acionistas para votar uma proposta de realizar uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

A proposta, que será apreciada na assembleia convocada para 10 de dezembro, envolve a oferta primária (ações novas, cujos recursos da venda vão para o caixa da companhia) e secundária (papéis detidos por atuais sócios).

A companhia pretende se listar no Novo Mercado, segmento com as regras mais rígidas de governança coporativa da B3.

A empresa de análises clínicas e diagnósticos médicos Fleury (SA:FLRY3) (anunciou nesta segunda-feira que fechou acordo para comprar a Newscan, dona da Lafe Laboratório de Análises Clínicas, por 170 milhões de reais.

A Lafe atua na região metropolitana do Rio de Janeiro por meio de 32 unidades de atendimento.

“Essa aquisição permitirá acelerar a expansão no mercado do Rio de Janeiro, complementando presença geográfica e ampliando a conveniência aos clientes”, afirmou o Fleury em comunicado.

A Eletropaulo (SA:ELPL3) passou a adotar o nome Enel (MI:ENEI) Distribuição São Paulo, incorporando a marca corporativa e identidade visual da Enel, seis meses após ser adquirida pela gigante italiana de energia, informou a distribuidora nesta segunda-feira.

“A mudança é parte de um processo para integrar completamente a Enel Distribuição São Paulo ao Grupo Enel e posicioná-la de uma maneira mais moderna, flexível, sustentável e capaz de liderar a transição que o mercado de energia vem atravessando globalmente”, disse a empresa em comunicado.

Com a incorporação da agora Enel Distribuição São Paulo, o Grupo Enel alcançou 17 milhões de clientes no Brasil, tornando-se a empresa líder de distribuição e a maior companhia privada de energia no país em número de clientes e faturamento.

Agenda de Autoridades

O presidente Michel Temer se reúne na manhã desta terça-feira com o ex-deputado Tadeu Filippelli. Em seguida, tem encontro com o ministro da Educação, Rossieli Soares. Na parte da tarde, a reunião é com o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes.

O dia chega ao fim com a homenagem que Temer irá receber da União Brasileira de Biodiesel e Bioquerosene pela Associação dos produtores de Biodiesel do Brasil: Ubrabio, Aprobio e Abiove.

A agenda oficial do ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, reserva um único compromisso oficial, um almoço com dirigentes dos bancos, promovido pela Federação Brasileira dos Bancos (Febraban).

Com Reuters.

Leia mais sobre: Mercados

Última atualização por Gustavo Kahil - 04/12/2018 - 9:13