Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ibovespa fecha no maior patamar em duas semanas

Opinião - 23/04/2019 - 18:24
CCJ
Ao fim do dia, o índice Bovespa fechou em alta de 1,41% a 95.923 pontos (Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

Por TradersClub

O Ibovespa perto dos 96 mil pontos, no maior patamar em quase duas semanas, com a expectativa de uma vitória do governo no aval à reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. O debate prosseguia até o fechamento do pregão, com o otimismo guiando os negócios tanto pelo avanço da tramitação da pauta, quanto pelos sinais de aprimoramento na articulação política da gestão Jair Bolsonaro.

Ao fim do dia, o índice Bovespa fechou em alta de 1,41% a 95.923 pontos – após ter alcançado 96.315 pontos na máxima -, também beneficiado pelo clima favorável no mercado internacional. Já o dólar futuro recuou 0,41% frente ao real, cotado a R$3,922, perto de mínima na sessão, anulando a elevação vista mais cedo por conta da tensão geopolítica envolvendo a ofensiva dos Estados Unidos de aplicar sanções a países que comprarem petróleo do Irã.

Previdência

Por 45 votos a 2, a CCJ aprovou o requerimento de inversão de pauta para acelerar a votação da admissibilidade do projeto da Previdência. O placar majoritariamente a favor da aceleração na tramitação confirma o acordo firmado pelo governo junto ao Centrão, o que inclui alterações no texto – que, diga-se, não desidratam a economia estimada originalmente, de R$1,1 trilhão em dez anos, segundo o secretário especial de Previdência, Rogério Marinho.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

No entanto, o avanço da proposta não significa que a vida será fácil. A oposição cobra detalhes e dados do projeto, e promete dificultar o debate de mérito no desenrolar do processo, a exemplo das várias tentativas de obstruir a pauta já na CCJ. O mercado parece convicto de que alguma reforma será aprovada pelo Congresso, mas ainda restam dúvidas sobre qual será a potência fiscal do texto aprovado.

Internacional

Lá fora, os índices S&P500 e Nasdaq atingiram novas máximas histórias de fechamento, a 2.933 pontos e 8.120 pontos, respectivamente, graças a uma rodada de resultados trimestrais que foi bem recebida pelos investidores. Os números das empresas referentes ao primeiro trimestre têm sinalizado uma melhora na economia global, animando investidores após indícios de desaceleração registrados no início do ano.

De fato, indicadores começaram a avançar recentemente, principalmente nos Estados Unidos e na China. Depois do lucro acima do esperado divulgado pelo Twitter, fica a expectativa pelos balanços de Microsoft e Facebook, que sairão na quarta-feira, e poderão alimentar continuidade do rali em Nova Iorque. Na agenda econômica, o investidor ficará ligado por aqui nos dados de geração de vagas de empregos formais em março e, no exterior, ao indicador de clima de negócios na Alemanha.

Leia mais sobre: Ibovespa, Mercados

Última atualização por Gustavo Kahil - 23/04/2019 - 18:27