Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ibovespa em 116 mil pontos e time escalado: veja as favoritas do BTG na AL

Valter Outeiro da Silveira - 20/05/2019 - 10:55
Analistas projetam Ibovespa aos 116 mil pontos com aprovação da reforma da Previdência

A equipe de análise do BTG Pactual (BPAC11) divulgou relatório nesta segunda-feira (20) com atualização de estratégia para maio na América Latina, listando sua equipe de ações para bater um bolão no mercado.

De acordo com a equipe de analistas liderada por Carlos Sequeira, Gordon Lee e Alonso Aramburu, as reformas estruturais na agenda política do Brasil credenciam o Ibovespa a chegar nos 116 mil pontos.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A instituição lista recomendação overweight (alocação acima do peso médio do portfólio) para as ações brasileiras, assim como os papeis do Peru e da Colômbia. Por sua vez, as ações de México e Chile permanecem underweight (proporção abaixo da média do portfólio).

Continua depois da publicidade

Múltiplos x expectativas

“As ações brasileiras estão sendo negociadas agora abaixo da média histórica enquanto os papeis mexicanos negociam a um desvio padrão abaixo da média”, ponderam os analistas, ressaltando o desconto das ações mexicanas em relação às brasileiras.

No entanto, diante dos prognósticos positivos em relação a agenda de reformas estruturais, e com a expectativa de que a reforma da Previdência seja aprovada, os analistas destacam a possibilidade do Ibovespa ser negociado a um desvio padrão acima de sua média histórica, em 113 mil pontos.

Exclusivo! Cadastre-se para receber um dia antes a Carteira Money Times - O Consenso do Mercado

Para o BTG Pactual, 65% do portfólio da América Latina é composto por ações brasileiras, através de seis papeis: Petrobras (PETR3PETR4), Bradesco (BBDC4), Lojas Renner (LREN3), Localiza (RENT3), Cosan (CSAN3) e Linx (LINX3).

Em relação ao mês anterior, saem as ações de B3 (B3SA3), Banco do Brasil (BBAS3), Rumo Logística (RAIL3) e BR Distribuidora (BRDT3).

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você