Últimas Notícias Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Criptomoedas Empresas
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ibovespa bate novo recorde intradia com exterior favorável e com cautela interna

Investing.com Brasil - 15/03/2019 - 13:18
O avanço das negociações comerciais entre EUA e China impulsiona o apetite ao risco (Fonte: B3)

Por Investing.com

Ibovespa rompeu mais um recorde intradia nesta sexta-feira ao atingir 99.271 pontos às 10:45. Neste momento, o principal índice acionário brasileiro opera em alta de 0,32% a 98.916 pontos às 13h15.

Bolsa está muito perto de chegar a 1 milhão de investidores

Carteira Money Times: O Consenso do Mercado na sua Mão

O avanço das negociações comerciais entre EUA e China impulsiona o apetite ao risco dos investidores no exterior, beneficiando países emergentes como o Brasil. De acordo com a agência de notícias chinesa Xinhua, o vice-primeiro-ministro da China Liu He conversou por telefone com o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, e com o representante comercial norte-americano, Robert Lighthizer e realizaram progressos significativos nas negociações entre os dois países. Na Europa, o adiamento do Brexit para junho animou os investidores com reflexo positivo nas bolsas europeias.

No plano interno, o mercado segue monitorando o trâmite da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. A ausência da reforma na live que o presidente Jair Bolsonaro apresentou nas suas redes sociais na noite de ontem e o pedido dos militares de recomposição salarial como contra-proposta para o aceite de endurecimento das regras de suas aposentadorias colocam o mercado sob cautela.

De acordo com o jornal O Estado de S.Paulo, os militares propuseram também bônus de fim de carreira e a criação de outro cargo para justificar a elevação de 30 para 35 anos o tempo de contribuição. Caso seja aprovada, a reforma dos militares gerariam um aumento de R$ 10 bilhões nos próximos 10 anos antes de iniciar a economia com as novas regras.

Leia mais sobre: Ibovespa, Mercados
Prosul será “um fórum sem ideologias”, defende Piñera