Últimas Notícias Imóveis Carteiras recomendadas Comprar ou vender Finanças Pessoais Cripto Economia
Cotações por TradingView

Mercados

Ibovespa sobe forte com Petrobras e Vale; Dólar vai a R$ 3,67

Gustavo Kahil - 16/05/2018 - 17:38
Mercado questiona se a alta do dólar pode impedir mais um corte na Selic

O Ibovespa subiu 1,65%, a 86.536 pontos, com um cenário mais positivo no mercado internacional e acompanhando os resultados corporativos e o desempenho de blue chips. O dólar avançou 0,48%, para R$ 3,6712. Os índices americanos tiveram leve alta. O Dow Jones encerrou com 0,25%, o S&P 500 0,41 e o Nasdaq 0,63%.

O mercado está na expectativa sobre a decisão do Copom, que pode cortar o juro para 6,25% ao ano, de 6,5%. Alguns economistas, contudo, já põe em dúvida este corte. É o caso da LCA, que vê a alta do dólar influenciando na decisão do Copom. Além disso, os investidores acompanham os os números fracos da atividade econômica no primeiro trimestre deste ano, conforme revelado pelo Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br).

Para o Goldman Sachs,o desempenho já é um sinal de incômodo com a eleição de outubro. Segundo o BC, o número dessazonalizado (ajustado para o período), teve retração 0,13% de janeiro a março, comparado ao último trimestre de 2017. “Um mercado de trabalho mais fraco do que o esperado e incerteza política e política antes das eleições gerais de outubro de 2018 podem ter tornado os agentes domésticos um pouco mais defensivos”, explica o economista Alberto Ramos.

Lá fora

Nos EUA, o mercado está atento para os dados da produção industrial de abril.  O Federal Reserve divulgou que a produção industrial teve aumento de 0,7% no mês passado após ter tido redução de 0,5% em março. Economistas previam que a produção industrial teria aumento de 0,5%.

O petróleo WTI reduziu as perdas nas negociações desta quarta-feira após dados terem mostrado uma redução maior do que se esperava nos estoques, que tiveram redução de 1,404 milhão de barris na semana que se encerrou em 11 de maio. Analistas de mercado esperavam que os estoques tivessem redução de 0,763 milhão de barris.

As ações da Petrobras (PETR4) encerrou em alta de 2,24%, a R$ 27,39, com os investidores aguardando o final das negociações com o Governo sobre a cessão onerosa, o que pode acontecer na quinta-feira (17). A Vale (VALE3) sobiu 2,29%, para R$ 55,90, mesmo com a leve desvalorização do preço do minério de ferro nos mercados internacionais.

Resultados

As ações da Copel (CPLE6) avançou 2,82%, a R$ 24,83, após apresentar um lucro líquido de R$ 339,6 milhões no primeiro trimestre de 2018, queda de 18,6% na comparação com um ano antes.

Segundo a Guide Investimentos, o resultado veio abaixo do esperado pelo mercado, nas principais linhas do balanço, impactado – especialmente – pelo reconhecimento do ajuste do laudo definitivo dos ativos RBSE e provisões do Programa de Demissão Incentivada – PDI.

As ações da Cemig (CMIG4) operou com valorização de 2,94% a R$ 8,04 com o mercado reagindo positivamente ao balanço da companhia e também com a informação de que a companhia prepara a venda de ativos em telecomunicações.

A estatal mineira de eletricidade apresentou lucro líquido de R$ 464,6 milhões no primeiro trimestre de 2018, alta de 35,6% comparação com o resultado do mesmo período de 2017, em meio à redução das despesas financeiras e de provisões operacionais. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) somou R$ 1,007 bilhão, redução de 8,47% ante o primeiro trimestre do ano passado.

As ações da Eletrobras (ELET3) operou em queda de 0,32% a R$ 18,75 e a ELET6 caiu 2,16% a R$ 21,29. Os investidores reagem negativamente ao balanço da companhia divulgado na noite de ontem.

A Eletrobras registrou lucro líquido de R$ 56 milhões no primeiro trimestre, resultado 96% inferior ao lucro de R$ 1,378 bilhão obtido no mesmo período do ano passado, em meio a perdas bilionárias no segmento de distribuição de energia e maiores provisões.

Leia mais sobre: Mercados

Últimas Notícias