Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Hypera nega negociação para acordo de leniência

Gustavo Kahil - 18/05/2018 - 18:36
As ações da Hypera encerraram o dia em leve alta de 0,18%, a R$ 27,50. No ano, a queda é de 21,15%

A Hypera (HYPE3) negou nesta sexta-feira (18) estar em negociação com o Ministério Público Federal para um acordo de leniência. Uma reportagem publicada ontem pelo jornal Valor Econômico dizia que a companhia trabalhava na costura de um acordo da ordem de R$ 2 bilhões e que a proposta da farmacêutica seria de R$ 850 milhões.

“A Companhia reitera que tem adotado todas as providências cabíveis para a defesa de seus interesses e de seus acionistas e que continuará colaborando com as autoridades”, informou a empresa. As ações da Hypera encerraram o dia em leve alta de 0,18%, a R$ 27,50. No ano, a queda acumulada chega a 21,15%.

A empresa é alvo de investigações na operação Tira-Teima, que investiga vantagens indevidas por parte de um grupo empresarial e políticos com base na delação premiada de Nelson José de Mello, ex-diretor de relações institucionais da Hypera.

Em relatório publicado hoje, o Santander lembra que o valor pretendido de R$ 850 milhões é bastante representativo levando em consideração que a receita líquida em 2017 foi de R$ 3,64 bilhões. “Esperamos que as ações de HYPE3 continuem voláteis no curto prazo até que todos os desdobramentos referentes a notícia acima sejam concluídos”, disse o analista Ruben Couto. A recomendação é de manutenção e o preço-alvo é de R$ 38.

Continua depois da publicidade

Leia mais sobre: Empresas, Hypermarcas

Última atualização por Gustavo Kahil - 18/05/2018 - 18:36