Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Hong Kong emitirá novos regulamentos para as bolsas de criptoativos

Leandro França de Mello - 08/11/2019 - 12:00
A autoridade financeira de Hong Kong, a SFC. Pretende lançar uma nova estrutura regulamentar para as bolsas de criptoativos sediadas em sua jurisdição (Imagem: Pixabay)

Segundo a Reuters, os reguladores financeiros de Hong Kong introduzirão uma nova regulação para as bolsas de criptomoedas sediadas em sua zona administrativa. O anúncio ocorreu durante Hong Kong FinTech Week ocorrido na quarta-feira.

O chefe da Securities and Futures Commission (SFC), Ashely Alder, anunciou que eles liberarão um novo formato regulatório. Supostamente, ao aumentando as de regras de “Conheça o seu Cliente” (KYC, na sigla em inglês), para a custódia dos tokens e suas chaves de segurança, afim de aumentar a estrutura de proteção do investidor. Alder discutiu a estrutura inicial do ano passado, onde tentou-se a implementação das mesmas regras, mas sem sucesso, leia mais aqui.

Supostamente, o regime em Hong Kong pode ter algo a ver com o baixo número de participantes aprovados no ano passado. Alguns participantes do mercado supostamente estão enviando fundos para offshores para evitar os regulamentos da SFC, o que pode ser uma possível razão para a nova versão dos regulamentos e uso dos criptoativos para esse fim.

Hong Kong segue em convulsão social há meses, como já reportamos aqui. A economia de Hong Kong encolheu no segundo trimestre e quase certamente no terceiro, enquanto os dados continuam a mostrar deterioração, como reportamos aqui. Desde o início dos protestos, um aumento notável no preço de negociação do Bitcoin foi notado em Hong Kong. Uma bolsa local de criptomoedas, a Tidebit viu o preço do BTC disparar, atingindo preços quase US$ 160 acima da média global (cerca de 1,5% de prêmio). Leia mais aqui.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
O Segredo das Criptomoedas

Última atualização por Leandro França de Mello - 08/11/2019 - 12:11