Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Homens compram mais do que mulheres pelo Instagram, revela pesquisa

Diana Cheng - 11/10/2019 - 19:33
Um em cada três usuários já compram direto dos anúncios pela plataforma (Imagem: Andrew Harrer/Bloomberg)

Uma pesquisa realizada pela VidMob, realizada em parceria com a mFour, revelou que a probabilidade de usuários do sexo masculino comprarem pelo Instagram é 10% mais alta do que entre as mulheres.

Por outro lado, 81% do grupo feminino acabam comprando de marcas que não conhecem, enquanto o percentual entre os homens é de 75%.

Do total, um em cada três usuários já compram direto dos anúncios pela plataforma.

A maior incidência de compras no Instagram é vista pelas meninas da geração Z, entre 16 e 19 anos. Mulheres de 35 a 45 anos têm o menor costume, tendo menos de 40% declarado algo por meio de anúncios na rede social.

Produtos

Os produtos mais comprados por homens e mulheres são roupas, sapatos e acessórios – 60% pelas mulheres e 50% pelos homens.

A pesquisa também concluiu que os homens compram três vezes mais computadores e produtos tecnológicos do que mulheres, que são dominantes nas compras de produtos de beleza.

Outras categorias populares são viagens, alimentos e ingressos de cinema.

“À medida que cresce a popularidade dos shoppable ads [anúncios que oferecem venda direta de produtos] e a funcionalidade Checkout, ainda em sua versão beta, o Instagram se transforma cada vez mais em um centro de compras,” afirma Stephanie Bohn, CMO da VidMob.

A pesquisa também revelou que quase dois terços dos usuários pesquisam sobre os produtos e marcas fora da plataforma antes de realizar uma compra.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Influências

O preço é um fator de influência mais relevante para as mulheres do que para os homens (Imagem: Pixabay)

Menos de 20% do total de entrevistados dizem ter comprado algo depois de ver celebridades ou influenciadores no anúncio do Instagram.

O preço é um fator de influência mais relevante para as mulheres do que para os homens.

“Peças publicitárias que tenham um bom design podem ajudar a colocar marcas novas e tradicionais em pé de igualdade”, comenta Bohn.

Descobertas

As empresas estão vendo as peças publicitárias na plataforma como uma possibilidade de conquistas novos públicos.

Seis em cada dez consumidores passaram a seguir uma marca que não conheciam depois de terem encontrado um anúncio da empresa de que gostaram.

Mais uma vez, garotas da geração Z se destacam por apresentar essa atitude, com 77% tendo declarado que se tornaram seguidoras de empresas depois do anúncio.

“Essas tendências estão presentes no mercado brasileiro e as marcas devem ficar bastante atentas à forma com que se comunicam em plataformas como o Instagram, que têm um impacto cada vez maior nas receitas das empresas”, ressalta Miguel Caeiro, head das operações latino-americanas da VidMob.

Última atualização por Diana Cheng - 11/10/2019 - 19:33