Últimas Notícias Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Criptomoedas Empresas
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Guide Investimentos troca Rumo por B3 em carteira recomendada semanal

Investing.com Brasil - 14/01/2019 - 14:42

Bovespa

Por Investing.com – A Guide Investimentos divulgou na tarde desta segunda-feira a atualização de sua carteira recomendada de ações, realizando apenas uma troca. Deixam o portfólio os ativos da Rumo Logística (RAIL3), dando espaço para a operada da bolsa B3.

Na semana passada, os ganhos da carteira foram de 2,82%, contra 2,14% do Ibovespa. Na semana anterior, as valorizações foram, respectivamente, de 4,64% e de 6,57%. O destaque no período ficou para os papéis do Grupo Pão de Açúcar (PCAR4), com alta de 6,43%.

Chegou o Pré-Market Money Times! CADASTRE AGORA e Receba antes do mercado

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A opção pela retirada dos papéis da Rumo se deu pela realização dos ganhos com o ativo e também para abrir espaço para a B3. Os analistas explicam que a B3 deverá continuar a se beneficiar da entrada de fluxo de recursos no mercado doméstico, e expectativas de crescimento no volume de ofertas para 2019.

As ações da Rumo entraram na Carteira no dia 17 de Dezembro e registraram desempenho positivo próximo de 8,9% até a última sexta-feira (11). Já o Ibovespa avançou 8,4% no mesmo período.

Ainda assim, eles destacam que seguem otimistas com a companhia, em meio: sinalizações de incentivo às concessões por parte do governo; conclusão da renovação antecipada da Malha Paulista no início do 1S19; expectativa de continuidade no ciclo de crescimento nos volumes de grãos nos próximos trimestres; e potencial de sinergias do investimentos estratégicos na Malha Sul, Projeto Sorriso e Araucária.

A recomendação de B3 vislumbra os recentes números operacionais, que já mostraram um volume mais forte no 9M18, especialmente de ações (segmento Bovespa) e futuros (segmento BM&F). A equipe acreditra que o volume de negócios deverá continuar a crescer ao longo de 2019. Isto, porque observamos que a estrutura de capital das empresas ainda contam com um passivo elevado, o que pode aumentar a procura por ofertas subsequentes (follow-ons) e IPO’s para equilibrar a relação de alavancagem financeira.

A aposta é ter por volta de 20-30 operações (IPOs e follow on) no próximo ano. Algo que deve impulsionar os ganhos operacionais de B3. Eles destacam ainda o poder de diversificação da receita da B3, com fluxo bastante resiliente, com serviços completos de trading, clearing, liquidação, custódia e registro, e posicionamento dominante em derivativos, ações, câmbio, renda fixa e produtos de balcão.

Composição: GPA, Cyrela (CYRE3), B3, Braskem (BRKM5) e Petrobras (PETR4).