Últimas Notícias Cotações Governo Bolsonaro Comprar ou Vender Empresas Economia
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Guide atualiza carteiras de outubro mantendo cautela com cenário eleitoral

Investing.com Brasil - 01/10/2018 - 13:59

Por Investing.com – Com a chegada de outubro, a Guide Investimentos divulgou suas carteiras para o mês. O período que será marcado volatilidade do cenário eleitoral, com aproximação o primeiro e segundo turno no período definindo quem será no novo presidente do Brasil.

RECEBA A NOSSA NEWSLETTER GRATUITA

Em setembro, a seleção de ativos indicados pela Guide para seus clientes teve rendimento de apenas 0,40%, contra 3,48% do Ibovespa. No entanto, as recomendações acumulam ganhos de 4,16% no ano, contra 3,85% do principal índice da bola paulista.

Os papéis da IRB Brasil (IRBR3) avançaram firme neste último mês, reflexo da característica mais resiliente, em um contexto de forte volatilidade nos ativos de risco domésticos; além do fluxo de recursos positivos em Renda Variável; e (do dólar em patamares ainda elevado(parte dos prêmios emitidos pelo IRB Brasil, cerca de 40%, é proveniente do mercado externo).

Para outubro, a corretora realizou apenas uma troca. O objetivo foi pontual com objetivo de captar ganhos com a possível conclusão do negócio com a Embraer (EMBR3). Assim, a opção foi por incluir Embraer no lugar dos papéis da Fibria (FIBR3).

Já a carteira mensal, composta por 10 ativos, teve ganhos de 2,3%, também ficando abaixo dos 3,48% do Ibovespa. A corretora optou por não realizar trocas no portfólio para outubro.

No caso da carteira de dividendos, o desempenho de setembro foi de 2,1%, superando a referência IDV, que foi de 0,2% no mês. A corretora optou por não realizar trocas no portfólio para outubro.

Composição Titulares: Tenda (TEND3), IRB, B3 e Itaú Unibanco (ITUB4); Petrobras (PETR4), Embraer e Gerdau (GGBR4); Cemig (CMIG4), Cesp (CESP6) e Via Varejo (VVAR11).

Composição Mensal: B3, Cemig, Gerdau, Iochpe Maxion (MYPK3), IRB Brasil, Itaúsa (ITSA4), GPA (PCAR4), Petrobras e Suzano (SUZB3).

Composição Dividendos: 10% Braskem (BRKM5), Comgás (CGAS5), Vale (VALE3), Banrisul (BRSR6). 20% Engie, IRB Brasil e Taesa (TAEE11).